Exploradores de todo o mundo regressam em Junho aos Açores
Diário dos Açores

Exploradores de todo o mundo regressam em Junho aos Açores

Previous Article A Pobreza e o mundo rural
Next Article Bolieiro nega que haja crise interna no Governo de coligação Bolieiro nega que haja crise interna no Governo de coligação

A Global Exploration (GLEX) Summit, cimeira que reúne a maior comunidade de exploradores e cientistas de todo o mundo regressa aos Açores, pelo segundo ano consecutivo.
Desta vez, o palco será a ilha Terceira. O ano passado, o programa dividiu-se entre Lisboa e a ilha de São Miguel.
De 14 a 16 de Junho, o palco será o Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo.
Por lá, a elite mundial de exploradores e cientistas partilhará com o público as descobertas mais recentes, as tecnologias mais inovadoras e as novas e futuras missões que prometem revolucionar o futuro do Espaço, dos Oceanos e do Planeta.
Citado em comunicado, Richard Garriott, Presidente do Clube dos Exploradores, refere que “não há melhor local para descobrir o que se seguirá na exploração, do que uma ilha que já foi um espaço vazio no mapa, até exploradores corajosos a encontrarem”.
“Esse esforço de preencher espaços vazios em mapas está presente na história dos Açores e na empreitada dos navegadores portugueses. Da travessia do Atlântico, à travessia das estrelas, estamos no limiar de uma nova época dourada da exploração”, acrescenta.
Além da estreia na Terceira, a edição deste ano tem ainda outra novidade: o Space, Ocean and Earth Insights (SOE”23) integra a programação da GLEX Summit. O objectivo é revelar “novas perspectivas e importantes conclusões dos mais recentes projectos científicos neste domínio”, diz a organização em comunicado. Esta partilha impulsionará, então, “a discussão do futuro da exploração”.

Share

Print

Theme picker