Homem de 24 anos detido por furtos na cidade de Ponta Delgada
Diário dos Açores

Homem de 24 anos detido por furtos na cidade de Ponta Delgada

Previous Article Previous Article Lucro do Novo Banco dos Açores cresceu neste primeiro trimestre
Next Article Chega propõe aumento do “cheque pequenino” e reforço de 50 mil euros nas actividades inspectivas Chega propõe aumento do “cheque pequenino” e reforço de 50 mil euros nas actividades inspectivas

 A Divisão Policial de Ponta Delgada da PSP, através de polícias da Esquadra de Investigação Criminal (EIC), no passado dia 15 de Abril, deteve um homem, de 24 anos, com antecedentes criminais, por ser suspeito  da  prática de vários crimes contra o património, recentemente ocorridos na cidade de Ponta Delgada.  
“A investigação logrou obter prova que o indicia como sendo responsável pela autoria de crimes de  furto qualificado perpetrados no interior de residências e de estabelecimento comercial, tendo o suspeito, em todos eles, utilizado práticas de arrombamento para aí se introduzir e se apoderar de dinheiro, telemóveis e equipamento informático, objetos estes que depois serviram de moeda de troca para aquisição de produto estupefaciente”, avançou a PSP em comunicado.
Segundo a mesma fonte, o suspeito, na sequência de uma investigação anterios desenvolvida pela EIC de Ponta Delgada, “já havia sido detido, pela prática de um crime de roubo contra pessoa idosa, encontrando-se com a medida de coacção de apresentações diárias na Esquadra Policial da área da sua residência”.
“Atenta a perigosidade na continuidade da actividade criminosa,  a Autoridade de Polícia Criminal procedeu à sua detenção, fora de flagrante delito, remetendo todo o processo à apreciação da Procuradoria da República junto do DIAP de Ponta Delgada, a qual,  promoveu a apresentação do detido a 1º interrogatório judicial junto do Meritíssimo Juiz de Instrução, tendo-lhe sido revista as medidas de coacção que se encontravam em vigor, passando o arguido a ficar com a medida de coação mais gravosa: a prisão preventiva”, informa ainda a PSP.
A investigação prossegue agora a cargo da EIC de Ponta Delgada.            

Share

Print

Theme picker