Câmara de Lagoa promove “Masterclass de Instrumentos de Sopro  e de Percussão”
Diário dos Açores

Câmara de Lagoa promove “Masterclass de Instrumentos de Sopro e de Percussão”

Previous Article Previous Article Lista negra de devedores de comunicações electrónicas
Next Article Os Açores são a nossa certeza Os Açores são a nossa certeza

O Convento de Santo António, na freguesia de Santa Cruz, irá acolher, nos próximos dias 20 e 27 de Novembro, das 14h00 às 18h00, uma “Masterclass de Instrumentos de Sopro e de Percussão”, promovida pela Câmara Municipal de Lagoa. Esta masterclass será administrada por formadores em instrumentos de sopro e percussão, com o objectivo de desenvolver e aperfeiçoar o conhecimento dos formandos em relação a diversos instrumentos, nomeadamente: saxofone; clarinete; flauta transversal; trompa; trompete; bombardino; tuba e percussão. No que diz respeito aos formadores, os nove profissionais têm formação e experiência na área da música e integram diversas iniciativas de cariz musical.
Assim os formadores serão Hugo Araújo, Samuel Couto, Marco Torre, Aquiles Preto, Vasco Chamusco, André Pinheiro, Carmino Martins de Melo, Henrique Andrade e Luís Guerreiro. De salientar que, esta masterclass destina-se à constituição da Orquestra Juvenil de Lagoa (OJL), um dos projectos com que a autarquia pretende assinalar a comemoração dos seus 500 anos. Pretende-se que a OJL, se distinga pela forma como congregará, através da prática musical, jovens membros das três sociedades filarmónicas do Concelho, mais precisamente da Sociedade Filarmónica Lira do Rosário, da Sociedade Filarmónica Estrela D´Alva e da Sociedade Filarmónica Fraternidade Rural. Nesse âmbito, irão constituir esta orquestra 57 elementos, nomeadamente 15 da S. Filarmónica Lira do Rosário, 34 elementos da S. F. Estrela D´Alva e 8 da S. F. Fraternidade Rural.
A edilidade desafiou estas filarmónicas a constituírem uma orquestra, com a missão de cultivar a dinâmica musical, que há largos anos se vive fortemente no concelho, e dessa feita, promover entre a comunidade jovem a aprendizagem musical, estimulando a sensibilização para a música e contribuindo para o desenvolvimento de cada indivíduo.
A Câmara Municipal de Lagoa considera que os jovens são o futuro da Lagoa e que a Orquestra Juvenil irá impulsionar a participação cívica da juventude na dinâmica cultural do concelho, valorizando, igualmente, os espaços de entretenimento lúdico criativo e a coesão entre as três filarmónicas, com os intercâmbios e as experiências partilhadas. De igual modo, a Câmara Municipal de Lagoa demonstra considerar a existência das sociedades filarmónicas essenciais para a Lagoa, fomentando e promovendo o seu desenvolvimento social e cultural no Concelho.

Share

Print

Theme picker