Dormidas nos Açores com aumento de 14,3% no mês de Fevereiro

turistas sete cidades Os estabelecimentos hoteleiros dos Açores registaram um aumento de 14,3% nas dormidas no último mês de Fevereiro, em relação ao período homólogo de 2016, com 73,4 mil dormidas verificadas.
Segundo o Serviço Regional de Estatística (SREA), os proveitos totais atingiram os 2,9 milhões de euros e os proveitos de aposento 2,0 milhões de euros, correspondendo a variações homólogas, respectivamente, de 21,1% e 16,6%.
De acordo com os dados ontem divulgados, nos primeiros dois meses deste ano, foram registadas 133,8 mil dormidas nos estabelecimentos hoteleiros da região - entre hotéis, hotéis-apartamentos, apartamentos turísticos e pousadas. Um valor 10,3% superior ao apontado em igual período de 2016.
De Janeiro a Fevereiro, os residentes em Portugal atingiram cerca de 77,7 mil dormidas nos Açroes, correspondendo a um acréscimo homólogo de 20,2%, enquanto que os residentes no estrangeiro atingiram 56,1 mil dormidas, com uma diminuição em termos homólogos de 0,9%.
Neste mesmo período, segundo o SREA, registaram-se 49,3 mil hóspedes, apresentando uma taxa de variação positiva de 14,2% relativamente ao mesmo período de 2016. No país, apresentaram uma variação de 11,0%.
Em termos de variações homólogas acumuladas, nos primeiros dois meses de 2017, todas as ilhas apresentaram variações homólogas positivas, com a excepção da ilha Terceira que manteve um valor idêntico ao mesmo período do ano anterior. Corvo, Flores, Faial, São Jorge, Pico, São Miguel, Graciosa e Santa Maria apresentaram respectivamente variações de 55,5%, 50,9%, 28,9%, 25,8%, 21,4%, 12,2%, 10,6% e 1,9%.
A ilha de S. Miguel com 87,1 mil dormidas concentrou 65,1% do total das dormidas, seguindo-se a Terceira com 29,3 mil dormidas (21,9%) e o Faial com 5,9 mil dormidas (4,4%).
Em Fevereiro, a taxa de ocupação-cama atingiu 28,3%, valor superior em 1,8 p.p. em relação ao mês homólogo do ano anterior. A taxa de ocupação-cama no país atingiu 35,0%.
Quanto à taxa de ocupação por quarto, esta atingiu, em Fevereiro, 35,1%.
A estada média foi de 2,75 noites, tendo registado uma diminuição de 5,2% em relação a Fevereiro do ano passado. No país a estada média foi de 2,56 noites.

5,4 milhões de proveitos totais entre Janeiro e Fevereiro

Ainda de acordo com os dados divulgados ontem pelo SREA, os proveitos totais nos estabelecimentos hoteleiros açorianos, de Janeiro a Fevereiro deste ano, atingiram 5,4 milhões de euros, tendo os proveitos de aposento atingido, no mesmo período, 3,7 milhões de euros.
Estes valores correspondem a variações homólogas positivas de 18,3% e de 15,6%, respectivamente. Para o total do país em igual período, os proveitos totais e os de aposento apresentaram variações homólogas positivas de 16,4% e de 16,7%, respectivamente.
Em Fevereiro, os proveitos totais e os proveitos de aposento apresentaram variações homólogas positivas, respetivamente de, 21,1% e 16,6%. Para o total do país, estas variações são, respectivamente, de 14,7% e de 15,9%.
As ilhas de São Miguel, Terceira e Faial foram as que maior peso tiveram nos proveitos totais, respectivamente com 70,0%, 16,6% e 4,5%.
Em Fevereiro, o rendimento médio por quarto (RevPAR) foi de 16,2 euros, apresentando uma variação homóloga positiva de 8,7%. De Janeiro a Fevereiro, o RevPAR foi de 14,4 euros, apresentando uma variação homóloga positiva de 6,3%.
Já no país, o RevPAR de Fevereiro e em termos acumulados foram respectivamente de 26,5 euros e de 24,5 euros.