Artigos

11 escalas nos próximos quinze dias com mais de 20 mil passageiros

aurora navioOs últimos quinze dias do mês de Abril irão trazer a alguns portos do arquipélago diversos navios de cruzeiros que nesta época do ano regressam das Caraíbas, onde estiveram na época de Inverno

Destaque natural para Ponta Delgada, em que teremos, nesse período, 11 escalas, que deverão trazer a esta ilha mais de 20.000 passageiros e cerca de 19.400 tripulantes.

Assim, já amanhã teremos em Ponta Delgada a presença de dois navios de cruzeiros. 

Destaque natural para o regresso do AURORA, um dos navios da operadora inglesa P&O, que estará em Ponta Delgada no âmbito de um itinerário de 16 noites, denominado “16 Nights Portugal, Canary Islands and Azores”, que se iniciou no passado dia 8 na cidade inglesa de Southamton, visitando Lisboa, Arrecife, Gran Canária e La Palma, nas Canárias, e Funchal, terminando as escalas com passagens em Ponta Delgada neste dia, e no dia seguinte na Praia da Vitória.

Inaugurado à 19 anos, mais precisamente a 27 de Abril de 2000, o Aurora foi construído nos estaleiros alemães Meyer Werft, em Papenburg, tornando-se assim o segundo navio encomendado pela P&O Cruises naquele estaleiro, num plano estabelecido então para renovação da frota da companhia inglesa, iniciada com a construção do Oriana cinco anos antes.

Como principais características do Aurora, destacamos os seus 270 metros de comprimento, 32 metros de boca e 7,9 metros de calado. 

Com 76,152 mil toneladas de arqueação bruta, o mesmo tem capacidade máxima para 1895 passageiros e 850 tripulantes.

Este navio contemporâneo possui 9 decks com 934 cabines, das quais 406 têm varanda, 249 janela e 279 são interiores sem qualquer vista para o exterior do navio.

 

Veleiro Wind Surf

 

Igualmente, neste dia, teremos a escala do navio de cruzeiros à vela WIND SURF, da companhia Windstar Cruises.

Esta escala está inserida num cruzeiro transatlântico, iniciado em St. Marten, nas Caraíbas, no passado dia 9,  e que irá terminar em Barcelona a 1 de Maio, incluindo neste itinerário, para além de Ponta Delgada, escalas em Lisboa, Cadiz, Gibraltar, Málaga, Almeria, Cartagena e Palma de Maiorca.

Construido em 1989 nos estaleiros franceses de Ateliers & Chantiers, na cidade do Havre, este elegante e luxuoso navio desloca 14.745 toneladas de arqueação bruta, sendo as suas dimensões 187 metros de comprimento, 20 metros de boca e 5,40 metros de calado. 

A sua área vélica é de 2.400 metros quadrados, capaz de proporcionar uma velocidade de cruzeiro entre os 10 e 15 nós. 

A sua capacidade de alojamento  é de 312 passageiros em ocupação normal sendo a tripulação composta por 163 elementos.

 

Regal Princess no  dia da Páscoa

 

No dia 21 será a vez de Ponta Delgada dar as boas vindas ao REGAL PRINCESS, um dos mais aclamados navios da Princess Cruises.

O impressionante navio de cruzeiros norte-americano encontra-se em viagem transatlântica entre Ft. Lauderdale e Copenhaga, com escalas em Ponta Delgada, Zeebrugge, Roterdão e Aarhus, antes de chegar à capital da Dinamarca, aonde aquele navio terá o seu porto base na época de verão que agora se inicia.

Inaugurado em Maio de 2014, foi construído na Itália, pelos estaleiros Fincantieri, em Veneza. 

Com 330 metros de comprimento, 38 metros de boca e 8,5 metros de calado, possui 142,714 mil toneladas de arqueação bruta e tem capacidade máxima para 3560 turistas e 1346 tripulantes. 

O navio disponibiliza 17 decks para passageiros, com um total de 1780 cabines, das quais 1438 são exteriores e 342 interiores.

 

Veendam na segunda-feira

 

No dia 22 será a vez do terminal de cruzeiros das Portas do Mar receber a escala do VEENDAM, navio de cruzeiros da afamada Holland America Line. 

O paquete holandês encontra-se a realizar uma peculiar viagem transatlântica de 14 dias, entre Fort Laudardale e Civitavecchia, em Itália, contemplando neste cruzeiro escalas em Ponta Delgada, Málaga, e Cartagena, em Espanha, antes da sua chegada no dia 28 àquele porto italiano.

Construído nos estaleiros italianos Fincantieri, em Veneza, entrou ao serviço do actual operador em Maio de 1996. 

O navio foi o último de quatro navios da classe Statendam. 

Em 2009, o navio foi remodelado e essa intervenção incluiu a adição de dois decks na zona exterior da popa do navio.

Possui 219 metros de comprimento, 31 metros de boca e 7,5 metros de calado, tendo 57,100 mil toneladas de arqueação bruta, podendo acomodar até 1266 passageiros em ocupação normal, sendo a sua guarnição constituída por 561 tripulantes.

 

Dois cruzeiros na terça-feira

 

No dia 23 teremos uma escala dupla em Ponta Delgada, protagonizada pelos paquetes CROWN PRINCESS e ROTTERDAM.

O CROWN PRINCESS, um dos navios da classe Crown, da operadora Princess Cruises, escala Ponta Delgada no âmbito de um cruzeiro transatlântico entre Fort Laudardale e Southampton, incluindo escalas em Lisboa, Bilbao, Zeebrugge e Portland.

Construido nos estaleiros  Fincantieri, em Monfalcone, Itália, aquele navio começou a operar em 2006. 

Possui 113.561 toneladas de arqueação bruta e apresenta 290 metros de comprimento, 36 metros de boca e um calado de 8,9 metros. 

Possui 18 decks para passageiros. Em lotação normal  pode transportar 3.088 passageiros e 1.205 tripulantes. 

Segundo o site  CruiseTimetable o navio vem em ocupação total.  

O ROTTERDAM, primeiro navio da Rotterdam Class, da aclamada operadora Holland America Line, é o outro visitante deste dia. 

Esta sua paragem em Ponta Delgada está englobada num cruzeiro transatlântico de 15 noites entre a cidade norte americana de Tampa, na Florida, e a cidade holandesa de Roterdão, porto que servirá de base ao navio no Norte da Europa.

Construido nos estaleiros italianos de Fincantieri, em Trieste, foi inaugurado em Novembro de 1997, sendo o sexto navio a quem foi dado o nome de Rotterdam.

Possui 61.849 toneladas de arqueação bruta, tem como comprimento 238 metros, 32 metros de boca e um calado de 8,2 metros. 

Em ocupação normal tem capacidade de alojamento para 1.404 passageiros e 600 tripulantes.

Tal como em muito dos outros navios da HAL este navio tem a bordo uma colecção de peças de arte avaliadas em 2 milhões de dólares.

Em próximas edições daremos conta dos restantes navios cruzeiros que irão escalar os portos dos Açores até ao final do mês.

 

Azores Cruise Club/Para Diário dos Açores