Mau tempo deixa centenas de passageiros em terra

  • Imprimir

mau tempoO mau tempo, devido à depressão Diana, deixou ontem, pelo menos, cerca de 400 passageiros em terra nos Açores, devido ao cancelamento de ligações aéreas, e provocou seis ocorrências em estadas e habitações nas Flores, São Jorge e Terceira, até ao fim da manhã de ontem.

O porta-voz da transportadora aérea açoriana SATA adiantou que as condições meteorológicas no arquipélago impediram a realização do voo da Azores Airlines Lisboa/Terceira/Lisboa, acrescentando que “os passageiros serão reacomodados à tarde numa ligação via Ponta Delgada”.

O mau tempo obrigou ainda ao cancelamento dos voos Terceira/São Jorge/Terceira, Ponta Delgada/Horta/Ponta Delgada e Horta/Flores/Horta, mas os passageiros destas ligações interilhas, da SATA Air Açores, só seguirão viagem “na Quarta-feira”, já que devido ao mau tempo “não se consegue prever a sua reposição hoje”, indicou António Portugal.

Fonte do Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores adiantou haver o registo de “seis ocorrências nas ilhas das Flores, São Jorge e Terceira” – em causa estão “queda de árvores, telhados que se soltaram de habitações e o derrube de um poste de luz, situações já resolvidas”.

Devido ao estado do mar, a autoridade marítima determinou o fecho a toda a navegação dos portos das Poças, em Santa Cruz das Flores, e nas Lajes do Pico.

O Governo Regional dos Açores determinou o encerramento das escolas, creches e jardins-de-infância nos grupos Central (Terceira, São Jorge, Graciosa, Faial e Pico) e Ocidental (Flores e Corvo).

Em comunicado, o Executivo açoriano explicou que, por precaução, a Secretaria Regional da Solidariedade Social recomenda o encerramento das escolas dos diferentes ciclos de ensino, creches e jardins-de-infância, dos Centros de Actividades de Tempos Livres, dos Centros de Atividades Ocupacionais e dos Centros de Dia.

Até à manhã de ontem a rajada máxima registada foi de 138 quilómetros por hora, na ilha das Flores, às 05:30 locais, segundo o IPMA.

O tempo deverá apresentar uma melhoria gradual a partir do fim do dia de ontem.

Para o grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria), previa-se a ocorrência de precipitação por vezes forte na noite de ontem e até à manhã de hoje, assim como o aumento da agitação marítima, com ondas que poderão ir até aos seis metros de altura significativa na madrugada de hoje.