Conselho Consultivo para as RUP submetido à Comissão Europeia

pescaA Federação das Pescas dos Açores, em conjunto com a Federación Regional de Cofradías de Pescadores de Canarias, de Espanha, e o Comité National des Pêches Maritimes et des Elevages Marins, de França, submeteram esta terça-feira o processo de constituição do Conselho Consultivo para as Regiões Ultraperiféricas (CCRUP) à Comissão Europeia.

A cidade da Praia da Vitória será a sede deste organismo, sendo a primeira sede de um Conselho Consultivo Europeu, fora de Bruxelas.

“A Federação das Pescas dos Açores, em nome de todos os intervenientes no sector da pesca, considera que este Conselho Consultivo representa uma enorme conquista para os Açores e para o sector piscatório da Região, uma vez que, promoverá uma maior aproximação entre as necessidades das comunidades piscatórias insulares e a Comissão Europeia”, lê-se num comunicado veiculado pela instituição. 

Segundo a mesma fonte, os objectivos do CCRUP “passam, entre outros, por defender a resolução das nossas dificuldades em questões relacionadas com a gestão, os aspectos socioeconómicos e a conservação dos recursos piscatórios, nas regiões ultraperiféricas europeias”.

Têm intenção de ser membros iniciais deste Conselho Consultivo 45 organizações da pesca com abrangência regional e nacional e internacional, sendo que após a sua efectiva constituição, serão integrados novos membros, explica a instituição.

A Federação das Pescas dos Açores, em conjunto com os representantes das RUP francesas e espanholas, aguardam a aprovação deste processo e esperam que o CCRUP tenha a sua assembleia constitutiva, ainda durante o primeiro semestre de 2019.