Ponta Delgada recebe congresso internacional sobre dislexia

Hospital PDL2

A cidade de Ponta Delgada vai acolher o I Congresso Internacional da Dislex Açores, num encontro que terá lugar nos dias 29 e 30 de Abril, no Auditório do Hospital Divino Espírito Santo.

Subordinado ao tema “Dos Primeiros Sons à Escrita”, o congresso é organizado pelo pólo dos Açores da Dislex - Associação Portuguesa de Dislexia, em parceria com o Centro de Desenvolvimento Infanto - Juvenil dos Açores (CDIJA).

A iniciativa contará com a presença de diferentes investigadores e especialistas a nível internacional, nacional e regional, e inclui a apresentação e discussão de “medidas universais e estratégias de intervenção de alunos com dislexia e o uso de práticas inovadoras na superação das dificuldades relacionadas com a leitura e a escrita”, segundo adiantou a organização ao Diário dos Açores. 

No congresso, haverá ainda espaço para a apresentação de casos clínicos e de testemunhos de vida que “vão dar voz a uma realidade que carece de um olhar diferenciado”.

Recorde-se que o pólo dos Açores da Dislex - Associação Portuguesa de Dislexia surgiu recentemente com o objectivo de “desmistificar rótulos e contribuir para uma acção profícua no terreno sobre as dificuldades de aprendizagem específicas”, afirmou, em Dezembro do ano passado, a responsável pela associação na região, Rita Simas Bonança, em declarações ao Diário dos Açores.

O desafio para a criação do pólo açoriano foi lançado pela Presidente da Associação a nível nacional, Helena Serra,  que salientou que a associação daria “um contributo promissor na formação de docentes nos Açores e no acompanhamento a pais, crianças, jovens e adultos com este tipo de perturbação”.