Vasco Cordeiro diz que empresários do Faial já investiram 13 milhões de euros na área do turismo

vasco hostel faial

O Presidente do Governo destacou ontem a adesão dos empresários do Faial ao sistema de incentivos ao investimento privado, que já permitiu que tenham sido aprovados, desde 2015, projectos de cerca de 13 milhões de euros na área da restauração e do turismo, sector que tem crescido na ilha acima da média regional.

“Só no Faial, estamos a falar de projectos na área da restauração e do turismo aprovados no âmbito do actual quadro comunitário de apoio, que começou a ser operacionalizado em 2015, num valor de cerca de 13 milhões de euros. Isso é bastante significativo quanto a este clima de confiança que se vive e, também, aos resultados que encorajam este tipo de investimento”, afirmou Vasco Cordeiro.

O Presidente do Governo falava após ter visitado a Residência Horta Marina – ‘Internacional Azores Boutique’, um hostel no centro da cidade da Horta que representou um investimento superior a 700 mil euros.

No primeiro dia da visita do Governo ao Faial, Vasco Cordeiro adiantou que este investimento é, assim, um exemplo da adesão dos empresários às linhas estratégicas de financiamento que foram definidas pelo Governo dos Açores, destacando o bom comportamento que se verifica no setor turístico no Faial, à semelhança da Região.

“O Faial, em 2018, cresceu, em termos de número de dormidas, acima da média regional, quase o dobro da média regional. No primeiro trimestre de 2019, esta ilha voltou a crescer acima da média regional”, sublinhou Vasco Cordeiro.

Depois de um crescimento das dormidas, em 2018, na ordem dos 12 por cento, nos primeiros meses de 2019, nas três principais tipologias de alojamento - hotelaria tradicional, turismo em espaço rural e alojamento local - o crescimento foi de 11,3 por cento.

“São investimentos como este, e muitos outros que se localizam no Faial e por toda a Região, que dão consistência prática a este caminho que temos feito de aproveitamento de oportunidades que, no âmbito do turismo, têm surgido”, considerou o Presidente do Governo.

Depois de salientar que o Governo dos Açores “não ignora as situações que necessitam de melhorias”, Vasco Cordeiro adiantou que os números e os investimentos “demonstram este clima de confiança e de concretização” das oportunidades que os empresários estão a fazer destas oportunidades.

“Este é um caminho que temos feito, que vamos continuando a fazer, resolvendo aquilo que é preciso resolver”, frisou o Presidente do Governo.