Apoio de 20 mil euros para obras na Ermida da Nossa Senhora do Desterro

Protocolo - Igreja do desterroA Câmara Municipal de Ponta Delgada vai transferir 20.308 euros para a Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de São José, um montante que se destina a pagar a execução das obras de conservação na Ermida da Nossa Senhora do Desterro.

O protocolo de cooperação foi assinado ontem pelo Presidente da Câmara Municipal, José Manuel Bolieiro, e o pároco da freguesia de São José, Duarte Melo. 

Na ocasião, o edil afirmou que “a política do município de Ponta Delgada sempre foi a de valorização da identidade do povo e de resgate do seu património identitário”, onde se inclui o religioso. 

Salientou, ainda, que a ermida, depois de recuperada, vai estar ao alcance da população residente, mas também de turistas. É pois, um verdadeiro património coletivo de interesse municipal indiscutível e de uso não meramente confessional.

Duarte Melo agradeceu, em nome da paróquia de São José, a “sensibilidade” da autarquia, “atenta e vigilante”, para a recuperação do imóvel, sito à Rua Coronel da Silva Leal, que está ao serviço do público. “Temos de zelar pelo nosso património”, apelou. 

A celebração do protocolo em apreço, além de contribuir para a sustentabilidade do património do concelho, visa a dinamização do potencial cultural da Ermida e ainda a sua promoção enquanto local de visitação e atratividade turística. 

Uma vez reabilitada, a Ermida estará disponível para integrar o roteiro turístico o município.