Operação “Verão Seguro” da PSP resultou em 284 detenções nos Açores

PSP3A operação “Polícia Sempre Presente – Verão Seguro 2019”, levada a cabo pela PSP, resultou em 284 detenções nos Açores. A acção ocorreu entre 15 de Junho e 30de Setembro e estendeu-se a todo o território nacional.

Nas ilhas açorianas, a PSP avança que foram  realizadas 585 operações e um total de 284 detenções, “das quais 79 em cumprimento de mandados de detenção, 4 por posse de arma, 27 por tráfico de estupefacientes, 81 por condução de veículo sob a influência de álcool, 44 por condução de veículo sem habilitação legal, 11 por desobediência, 3 por agressão a Agentes de Autoridade, 5 por furto, 5 por roubo e outras”.

Segundo avança fonte policial, foram apreendidas 33 viaturas, 62 documentos e 13 armas e ainda “2475 doses de droga, das quais 41 de cocaína, 1678 de heroína, 676 de heroína e 1 de ecstasy.

No âmbito da operação, 13484 viaturas foram fiscalizadas, “tendo sido levantados 2668 autos por infracções rodoviárias, das quais 42 por falta de seguro, 34 por falta de inspecção, 41 por condução de veículo sem fazer uso de acessório de segurança obrigatório, 46 por manuseamento de telemóvel durante a condução do veículo, 5 por não utilização de dispositivo de retenção de criança, 14 por desrespeito da sinalização semafórica, 557 estacionamentos irregulares e outras”.  

Foram ainda detectados 573 condutores em excesso de velocidade, 45 dos quais com infracções leves, 512 com infracções graves e 16 com infracções muito graves.

Neste período foi ainda solicitada à PSP a vigilância a 128 residências, “não tendo sido detectadas quais quer ocorrências”.

Segundo salienta a PSP, as acções realizadas ao longo dos últimos três meses e meio, no âmbito da operação “Polícia Sempre Presente – Verão Seguro 2019”, “visaram, acima de tudo, o aumento do sentimento de segurança em zonas balneares, áreas turísticas e comerciais e residenciais, bem como nos principais eixos rodoviários sob a sua responsabilidade, assegurando nesses locais, um elevado índice de visibilidade policial e prevenção criminal”.

 

More articles from this author