Temporada de cruzeiros de 2020 nos Açores com mais escalas e mais passageiros

navio Azamara Pursuit

O ano que ainda agora começa será de crescimento no que respeita às escalas de navios de Cruzeiros nos portos da Região. Conforme se pode ler numa nota enviada pela Portos dos Açores, “o turismo de cruzeiros irá crescer em 2020 cerca de 28% em número de passageiros desembarcados relativamente a 2019 e 25% em número de escalas previstas.

A Portos dos Açores SA prevê receber nas estruturas portuárias da região cerca 177 escalas de navios das diversas operadoras internacionais mais significativas. Em 2019 a região recebeu 142 escalas de navios de cruzeiros.

Serão desembarcados nos portos da Região cerca de 190 mil cruzeiristas, o que representa um aumento bastante significativo se tivermos em conta os cerca de 160 mil desembarcados em 2019. Também o número de tripulantes aumentará em valor digno de registo já que os 85 mil previstos para o corrente ano contrastam com os 68 mil tripulantes desembarcados em 2019.

O ano de 2020 deverá também ficar na nossa memória pelo facto de estarem previstas várias estreias nos portos dos Açores. Os navios “Azamara Pursuit”, “Sky Princess”, “Anthem of the Seas”, “Costa Fortuna”, “MSC Meraviglia”, “Norwegian Escape”, “Norwegian Dawn”, “Monarch”, “Carnival Radiance”, “Seven Seas Mariner”, “Enchanted Princess” ou “Spirit of Adventure”, entre outros, deverão realizar escalas inaugurais nas nossas diversas ilhas.

De realçar ainda o crescimento do número de escalas que irá ocorrer nas ilhas do Pico, Graciosa, São Jorge e Santa Maria.

Como habitualmente, Abril será o mês de maior movimento, com 59 escalas previstas, embora Maio, com 32 e Novembro, com 17, se assumam como meses de considerável movimentação portuária.

Relativamente aos itinerários temáticos com foco nesta Região, é inevitável o realce para os dois itinerários de oito dias que a Operadora “Ponant” tem previsto realizar pela primeira vez. Destaque ainda para os cruzeiros protagonizados pela “Noble Caledonia”, com o navio “Hebridean Sky”, e ainda para a incontornável “Hapag Lloyd” que visita os Açores com os navios “Hanseatic Nature” e “Bremen”. Neste segmento muito específico e de grande importância para as ilhas, estima-se a concretização de 50 escalas, o que significa 26% do total anual.