Flores e S. Miguel são os campeões da taxa de retenção e desistência escolar

alunosAs ilhas das Flores e S. Miguel lideram a taxa de retenção e desistência no ensino básico dos Açores, segundo revela o Anuário estatístico de 2018 agora publicado pelo SREA.

A ilha das Flores tem uma taxa de retenção de 12,8% e S. Miguel 9,6%.

A taxa de retenção a nível Açores é de 8,7%, uma das mais altas do país, cuja média é de 5,1%.

Por municípios, a Povoação é o campeão da retenção e desistência no ensino básico, com 19,7%, seguindo-se a Ribeira Grande com 13,7%.

A ilha com menor retenção escolar é a do Corvo, com apenas 3,2%, seguida de Santa Maria, com 4,1%.

O município com melhor taxa de retenção é, naturalmente, o do Corvo, seguindo-se Lajes do Pico, com 3,6%.

Em S. Miguel, o concelho de Nordeste é o melhor, com apenas 4,3%.

As taxas de retenção são maiores no 3º Ciclo, onde a ilha das Flores atinge o valor mais alto: 23,1%.

 

Melhor taxa de transição é nas Flores

 

Quanto à taxa de transição/conclusão no ensino secundário, é de 79,7% nos Açores e de 86,1% no país.

A melhor taxa de transição é nas Flores, com 90,1% e a pior é o Faial com 77,1%.

O melhor concelho é o de Santa Cruz das Flores, com 90,1%, e o pior é  a Lagoa, com 66,1%.