Conselho Económico e Social analisa medidas

Gualter Furtado1A Comissão Coordenadora, que integra o Presidente e os Vice-Presidentes do Conselho Económico e Social dos Açores, bem como os Presidentes das Comissões Especializadas Permanentes, irá reunir amanhã, com o recurso a teleconferência, respeitando assim todas as regras de segurança que a situação de excepção que vivemos exige. 

O Presidente do Conselho Económico e Social dos Açores, Gualter Furtado, declara que “só não convoca já o Plenário por manifesta dificuldade, respeito pelas orientações das autoridades de saúde e governamentais, e impedimento de operacionalização desta reunião com todos os membros do CESA, mesmo recorrendo aos meios telemáticos”.

 

“É importante que todas 

as instituições democráticas 

continuem a funcionar 

nos Açores

 

No Conselho Económico e Social dos Açores estão representadas praticamente todas as Instituições da sociedade açoriana, “e perante o momento grave que vivemos em resultado da pandemia provocada pelo novo coronavírus, é importante que mesmo com todas as restrições existente este Órgão exerça as suas funções consultivas e de acompanhamento dos órgãos de Governo próprio dos Açores. É importante que todas as Instituições democráticas continuem a funcionar nos Açores, recorrendo se necessário às videoconferências, conference call e outros meios tecnológicos disponíveis, avança uma nota do CES dirigida ao nosso jornal.

A Ordem de trabalho terá um ponto de situação sobre o novo coronavírus e a doença COVID-19 na Região, apreciação das medidas tomadas, e um segundo ponto destinado a apresentação de propostas.