Açores registam primeiro caso de transmissão local do Covid-19

 

A Autoridade de Saúde Regional anunciou ontem ter-se verificado o primeiro doente infectado por transmissão local nos Açores. Está localizado na freguesia de São Mateus, na ilha Terceira. Ainda assim, Tiago Lopes garante que nesta cadeia há já casos negativos de relação directa com os dois casos importados.

Na habitual conferência de imprensa, o Director Regional da Saúde, apelou a uma intensificação dos cuidados nesta freguesia, de forma a conter o máximo possível a propagação do vírus. “Trata-se de uma situação que importa ter em consideração”, advertiu Tiago Lopes, apelando, uma vez mais para que toda a população fique em casa. “É um aspecto que não nos cansamos de referir, mas que é cada vez mais importante, sobretudo agora em que surgiu o primeiro caso de transmissão local”, frisou.

Este primeiro caso cria a primeira cadeia de transmissão primária e está relacionado com duas pessoas que regressaram de uma viagem ao exterior dos Açores no passado dia 15 de Março. Conforme explicou Tiago Lopes, “estas pessoas foram colocadas em quarentena, mas o que é certo é que destes dois elementos houve passagem da infecção pelo novo coronavírus, para já, para um elemento da comunidade”, disse, adiantando que “apesar de existir já uma cadeia de transmissão primária e uma transmissão local, a mesma ainda não está disseminada e não passou para outros conviventes próximos destes dois elementos e ainda não se propagou a infecção”.

Relativamente aos dados ao nível do arquipélago, a Autoridade de Saúde Regional informou que foram diagnosticados cinco novos casos positivos de Covid-19 na Região, elevando para 22 os casos positivos nos Açores, de acordo com as análises realizadas no Serviço Especializado de Epidemiologia e Biologia Molecular, do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira. Dois casos foram detectados na ilha Terceira, dois no Faial e um em São Miguel.

Hospital TerceiraDe acordo com a Autoridade de Saúde Regional, todos apresentam situação clínica estável e estão, de momento, no domicílio.

Na Terceira, trata-se de dois indivíduos do sexo masculino, de 25 anos e 29 anos. O primeiro teve contacto com dois casos positivos registados na ilha, enquanto o segundo fez o mesmo voo do grupo de participantes no cruzeiro ao Dubai, realizado entre 7 e 14 de Março, no navio MSC Belissima.

Os casos confirmados no Faial correspondem a um indivíduo do sexo feminino, de 67 anos, e a um indivíduo do sexo masculino, de 38 anos, ambos com passagem recente pela cidade do Porto.

O caso confirmado em São Miguel é um indivíduo do sexo feminino, de 30 anos, que participou no referido cruzeiro ao Dubai.

Até à data, foram detectados na Região 22 casos positivos para infecção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença Covid-19, sendo seis na ilha Terceira, três no Faial, sete em São Jorge, cinco em São Miguel e um no Pico. Destes casos positivos, 10 estão relacionados com o cruzeiro ao Dubai. Tiago Lopes deu conta, a este propósito, que das 17 pessoas identificadas que viajaram no cruzeiro, 12 tiveram resultado positivo, estando em território continental duas destas pessoas; quatro registaram resultado negativo, existindo ainda uma outra pessoa em Portugal ontinental a cumprir um período de quarentena.

Às 16h00 de ontem estavam registados na Região mais 34 casos suspeitos que aguardam os resultados das análises ou recolha de amostra biológica, estando em vigilância activa, em todas as ilhas dos Açores, 1967 pessoas que estão a ser seguidas diariamente pelas delegações de saúde concelhias.

More articles from this author