Disponibilidade de material de protecção e custos elevados são as maiores dificuldades

relevancia actividade

As principais situações que as empresas apontaram como condicionantes relevantes e muito relevantes ao retorno à actividade são a Disponibilidade de material de protecção individual, as Restrições no espaço físico e os Custos elevados, em que 44%, 36% e 39% das empresas consideram muito relevante estas situações, sendo que a Falta de informação sobre requisitos necessários e a Inexistência na empresa, de capacidade técnica em higiene e segurança no trabalho, não foram consideradas tão relevantes como as primeiras situações.

Em relação às medidas de apoio adoptadas pelas empresas, as empresas já beneficiaram principalmente da Moratória ao pagamento de juros e capital de créditos já existentes (39%), estando mais de 14% das empresas a planear aproveitar esta medida. 

As principais medidas que as empresas estão a considerar, são Outras medidas (excluindo o layoff simplificado) e Acesso a novos créditos com juros bonificados ou garantias do Estado, identificadas por 46% e 45% das empresas que responderam a esta questão.