Extinta no Nordeste a última e maior cadeia de transmissão local da Região

Lar Santa Casa Misericórdia do NordesteEstá extinta a maior cadeia de transmissão local nos Açores, com a nova recuperação de infecção pelo novo coronavírus anunciada ontem pela Autoridade Regional de Saúde. 

Em causa está a cadeia de transmissão com origem no concelho da Povoação e que chegou ao Nordeste, através de uma utente da Estrutura Residencial para Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Nordeste. 

“Com o caso de recuperação registado, o concelho do Nordeste fica sem casos positivos ativos e é extinta a última e maior cadeia de transmissão local registada na Região Autónoma dos Açores”, lê-se no comunicado da Autoridade de Saúde.

Esta era a última das sete cadeias que estiveram activas no arquipélago.

A recuperação ontem registada diz respeito a uma mulher de 45 anos de idade, que era profissional no lar do Nordeste.

Fica assim reduzido para um o número de casos activos na Região, tendo em conta que as 296 análises realizadas nos dois laboratórios de referência dos Açores não revelaram ontem novos casos positivos de Covid-19. Registou-se, desta forma, o 16.º dia seguido no arquipélago sem novos casos.

Até ao momento, foram detectados na Região um total de 146 casos de infecção, verificando-se 129 recuperados, 16 óbitos e um caso positivo activo, neste caso residente na ilha de São Miguel.