PPM/Açores quer ouvir Secretária da Saúde sobre “promiscuidade” no sector

paulo estevãoO PPM/Açores solicitou a audição da Secretária Regional da Saúde, Teresa Machado Luciano, na Assembleia Regional, sobre o inquérito realizado acerca da alegada “promiscuidade” entre o Hospital de Ponta Delgada e clínica privada do Bom Jesus.

No ofício enviado à presidente da Assembleia Legislativa dos Açores, Ana Luís, pelo deputado único do PPM naquele parlamento, Paulo Estêvão, lê-se que o partido requer a “audição urgente” da Secretária da Saúde na comissão permanente de Assuntos Sociais.

O PPM quer que Teresa Machado Luciano informe a Assembleia sobre o “processo interno de inquérito que a mesma mandou realizar”, depois de terem sido publicadas notícias que davam conta de “promiscuidade na aplicação do ‘vale saúde’ entre o Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada e a Clínica do Bom Jesus”, apontam os monárquicos.

A alegada promiscuidade entre o Hospital Divino Espírito Santo e a Clínica do Bom Jesus, ambos em Ponta Delgada, veio a público depois de uma notícia de Dezembro de 2019, dada pela RTP/Açores, segundo a qual a Clínica do Bom Jesus não trata de todo o processo cirúrgico do programa “Vale Saúde”, embora receba 100% da verba atribuída pela região.

Na notícia da RTP/Açores, as denúncias partiram de declarações da presidente do Conselho Médico da Ordem dos Médicos nos Açores, Isabel Cássio.

Depois desta notícia, PSD e PPM anunciaram pedidos de audição em sede de comissão, tendo o PS/Açores também solicitado a mesma audição da Secretária Regional da Saúde e da Ordem dos Médicos a propósito da alegada “promiscuidade” na execução do programa.

O assunto foi discutido em comissão de Assuntos Sociais em Dezembro de 2019, tendo os partidos da oposição e a maioria PS divergido sobre a alegada promiscuidade entre ambas as entidades na aplicação do “Vale Saúde”.

Na altura, quando questionada sobre os exames que foram efectuados no Hospital do Divino Espírito Santo e dos quais o Conselho de Administração não tinha conhecimento, a Secretária da Saúde disse que iria ser despoletado um processo interno de inquérito para agir em conformidade.

O programa “Vale Saúde” é uma iniciativa do Governo Regional para combater as listas de espera do Serviço Regional de Saúde dos Açores.