Corvo regista o aumento mais significativo na qualidade da água, revela relatório

corvo033A Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos dos Açores (ERSARA) divulgou ontem os resultados detalhados de 2019, obtidos no controlo da qualidade da água para consumo humano, que indicam que a água da torneira nos Açores mantém os mais elevados padrões de qualidade, registando, com 99,02%, o mais alto valor obtido ao nível do indicador “Água Segura” nos últimos 10 anos.

Da análise dos dados publicados, é possível concluir que os Açores têm vindo a registar, ao longo dos últimos anos, uma tendência de melhoria em termos da qualidade da água para consumo humano, tendo-se mantido, em 2019, o cumprimento integral da frequência regulamentar de amostragem e verificando-se um ligeiro aumento do cumprimento dos valores paramétricos, relativamente ao ano precedente.

Segundo o relatório, dos 19 concelhos da Região, verifica-se relativamente ao ano 2018, a melhoria do indicador em 15 dos concelhos.

Numa análise à variação ocorrida constata-se que é no concelho do Corvo que se regista o aumento mais significativo na qualidade da água e apenas no concelho de Santa Cruz da Graciosa se verificaram valores de cumprimento inferiores aos 95% de referência.

De todos os 19 concelhos açorianos, apenas Angra do Heroísmo regista o cumprimento integral dos valores legalmente estabelecidos e 12 concelhos apresentam valores superiores a 99% de cumprimento do VP, designadamente Horta, Lagoa, Lajes das Flores, Lajes do Pico, Nordeste, Ponta Delgada, Povoação, Praia da Vitória, Ribeira Grande, São Roque do Pico, Velas e Vila Franca do Campo.

O concelho de Santa Cruz das Flores regista o maior decréscimo nomeadamente com uma redução de 1,24%. 

Neste Relatório, são ainda apresentadas as entidades distinguidas com o “Selo de Qualidade da Água para Consumo Humano”, galardão atribuído anualmente pela ERSARA e que visa premiar o mérito das entidades gestoras que se distingam pela qualidade dos seus sistemas públicos de abastecimento de água, e contribuir para reforçar a confiança na qualidade da água da torneira por parte dos consumidores.

Este ano, as entidades gestoras contempladas são a Câmara Municipal de Lagoa, Câmara Municipal da Ribeira Grande, Câmara Municipal de São Roque do Pico, Praia Ambiente, E.M., SM de Angra do Heroísmo e SMAS de Ponta Delgada.

Nos restantes concelhos, e pese embora a não obtenção desta distinção, a água é, no geral, da mais elevada qualidade a nível nacional, não apresentando o seu consumo qualquer risco para a saúde pública ou falta de potabilidade da água.