Feira Agro Comercial da Ilha Terceira com número recorde de bovinos

vacas2A 12.ª Exposição Agro Comercial da Ilha Terceira (AGROTER) arrancou, ontem,  na Praia da Vitória, conta com menos expositores comerciais, mas tem mais animais em exposição e a concurso.
“Vamos bater recordes no número de bovinos em exposição e a concurso, o que significa que as pessoas já não têm vergonha de mostrar os seus animais”, afirmou Paulo Simões Ferreira, presidente da Associação Agrícola da Ilha Terceira (AAIT), em declarações à Lusa.
A feira, que decorre até domingo no recinto da Zona Verde da Praia da Vitória, tem este ano menos expositores comerciais, já que o evento deixou de ser realizado em parceria com a Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo.
Paulo Simões Ferreira salientou que a falta de um espaço coberto, como o Parque de Exposições da Ilha Terceira, que está em construção, implica custos acrescidos para a organização de um evento desta natureza, pelo que a AAIT optou por abdicar dos espaços comerciais.
A AGROTER tem em exposição e a concurso 172 bovinos da raça ‘Holstein Frísia’, que predomina nos Açores, propriedade de 31 produtores, estando ainda a concurso animais da raça ‘Ramo Grande’ e de raças vocacionadas para a produção de carne.
O presidente da AAIT frisou que se tem verificado uma evolução positiva nos animais que se apresentam a concurso, salientando que, nos últimos anos, os juizes estrangeiros têm considerado que “a melhoria genética é muito significativa”.
A feira não tem ovinos e caprinos em exposição, como aconteceu noutras edições, mas terá cavalos e exemplares de ‘Pónei da Terceira’. O programa inclui ainda provas de produtos regionais, espectáculos equestres e espectáculos de música com artistas locais.