Governo Regional lança novo produto para captar visitantes na época baixa

  • Imprimir

cesar-jornalistas1Os Açores vão lançar a partir de 1 de Outubro um novo produto turístico para atrair visitantes na época baixa, que incluirá viagem, alojamento e alimentação num único pacote, anunciou ontem o presidente do executivo regional, Carlos César.
O denominado ‘Cartão Açores’, que estará disponível entre Outubro e Março, terá como principal novidade o facto de permitir aos turistas escolher o restaurante que preferirem, não estando obrigados a fazer as suas refeições no hotel onde ficam alojados, como é habitual nos pacotes turísticos em que está tudo incluído no preço.
O ‘Cartão Açores’ incluirá uma espécie de senhas de alimentação, com três tipos de preço, que o turista poderá utilizar no restaurante que escolher, entre aqueles que aderirem à iniciativa.
Este pacote turístico foi apresentado numa reunião que o presidente do Governo Regional e a secretária regional da Economia, Luísa Schanderl, tiveram com empresários do sector turístico da ilha Graciosa, onde foi também anunciado o lançamento do programa ‘65+’, destinado a turistas seniores provenientes dos EUA e Canadá, numa parceria com a SATA.
O novo programa permitirá descontos entre 30 a 40 por cento, mas exige um mínimo de cinco noites de estadia nos Açores.
“Fizemos aqui uma declaração contra a inacção e contra o conformismo”, afirmou Carlos César, salientando a importância de promover a região, procurar novos mercados e oferecer novas tarifas nas passagens aéreas para inverter a actual situação negativa que se vive no sector turístico.
Em declarações aos jornalistas no final do encontro com os empresários turísticos da Graciosa, Carlos César destacou a importância dos investimentos que o executivo tem feito nesta ilha e dos apoios que concedeu ao sector privado, frisando que a Graciosa “triplicou” o número de dormidas nos últimos 15 anos e registou uma “expansão significativa” ao nível da oferta hoteleira.
“A qualificação deste destino turístico é uma das principais razões para que a Graciosa registe este ano um aumento do número de turistas superior à média regional e à média nacional”, frisou.