O homem das “luzes” do Senhor Santo Cristo

humberto moniz2Prestes a completar 60 anos de participação nas iluminações das Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, Humberto Moniz, de 76 anos, é a força viva por detrás de 140 mil lâmpadas que iluminam hoje as maiores festividades dos Açores.
Natural de São José, aos 12 anos começou como aprendiz de instalações eléctricas na extinta firma “Electro Auto” de João Soares Júnior–empresa na altura responsável pelas iluminações e decorações das Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres. Ao relembrar esse tempo, diz que “era costume as crianças andarem descalças e de calção curto” e que “todos os materiais e ferramentas eram transportados por uma carroça de mão por nós, rapazes”. E conta mais: “ganhávamos seis escudos por dia e a semana era de seis dias”, em virtude de se trabalhar aos sábados. Se fossem necessários serões não recebiam nada por isso.
Foi oficialmente integrado numa equipa de pessoal de electricistas para as Festas do Senhor Santo Cristo no ano de 1948, na altura chefiada pelo conhecido “Mestre Chibante”. Como aprendiz dentro da equipa, Humberto Moniz tinha como principais tarefas segurar as escadas e transportar diversos materiais como lâmpadas, andaimes e tintas. Foi aprendendo o modo de descolorir e colorir as lâmpadas de diversas cores e a fazer ligações em paralelo e em série.

»» LER MAIS na versão impressa