POSEI: Açores com apoios de 600 euros por hectare, enquanto a Madeira atinge 4 mil

bananaEntre os anos de 2007 e 2010, os Açores aumentaram significativamente o montante de ajudas agrícolas da União Europeia, passando de 42,7 milhões de euros para 67 milhões de euros, no âmbito do programa POSEI. De acordo com os dados do IFAP, trata-se de um aumento de quase 58%.
Esse crescimento deveu-se em exclusivo ao segmento das “produções animais”, que no ano de 2010 eram responsáveis por praticamente 85% do total das ajudas do POSEI. Três anos antes, em 2007, as produções vegetais eram responsáveis por 35% do total dessas ajudas! Ou seja, neste período, os apoios às produções vegetais açorianas baixaram 35%, de quase 15 milhões de euros para 9,6 milhões.
A primeira conclusão é que as produções vegetais perderam claramente força, pelo menos no que diz respeito aos apoios. O problema é que em geral os apoios representam o que se produz, e pode concluir-se que a produção regional baixou significativamente nesses anos.
Uma vez que o POSEI também se aplica à Madeira, há uma série de comparações que podem ser feitas.
Na Madeira o montante dos apoios manteve-se praticamente inalterado entre 2007 e 2010, na casa dos 15,8 milhões de euros, o que representa praticamente 25% do montante recebido pelos Açores. Na Madeira, as produções vegetais correspondem a 92% do total, com as produções animais a serem quase residuais, especialmente se comparadas com as açorianas.
Em 2007, as duas regiões receberam praticamente o mesmo montante de apoios ao segmento não animal, mas em 2010 os Açores passaram para apenas 60% do que a Madeira recebeu.
Refira-se que a Madeira tem uma área de apenas 801 quilómetros quadrados, enquanto que os Açores têm 2.322 Km2. Mas a comparação não pode ser feita ao nível das áreas, pois a orografia é muito diferente. Considerando a Superfície Agrícola Utilizada (SAU), a Madeira tem 3.865 hectares, enquanto que os Açores têm 112 mil hectares agrícolas. Ou seja, a Madeira, com apenas 3,45% da área agrícola, dos Açores, consegue produzir produtos (vegetais e animais), que recebem apoios correspondentes a 25% do que os açorianos conseguem.
A diferença entre produzir animal ou vegetal compensa claramente a Madeira em desfavor dos Açores. Na Madeira, cada hectare de SAU rende em média 4,35 mil euros, enquanto que nos Açores esse valor baixa para apenas 600 euros.
Uma das áreas que está claramente por explorar é a banana. Na Madeira, a banana representa quase metade de todos os apoios, com um total de 6,6 milhões de euros em 2010. Apesar dos apoios serem muito semelhantes e dos Açores terem muito mais área disponível, o facto é que a Madeira produz quase 15 mil toneladas de banana, enquanto que os Açores não passan das 981 toneladas. Refira-se que entre 2007 e 2010 a produção aumentou apenas de 861 para 981 toneladas, passando de 517 mil euros para 588 mil euros de apoios por ano.

quadro-posei