Número de passageiros nacionais desembarcados nos aeroportos dos Açores baixa pelo 3º ano consecutivo

Aeroporto de Jo--o Paulo IIO número de passageiros desembarcados entre Janeiro e Outubro nos aeroportos do Açores, no segmento dos “territoriais” (ligações com o continente e Madeira), desceu pelo 3º ano consecutivo.
Desde 2009 que houve apenas uma subida, e o número está neste momento 10,89% abaixo desse ano. Desembarcaram nos 5 aeroportos “gateway” apenas 276 mil passageiros, o que é o valor mais baixo dos últimos 5 anos. Em 2009, o total tinha sido de 310 mil passageiros, mas desde 2011 que a Região não atinge os 300 mil passageiros.    
Parte da culpa é de S. Miguel, que representa 62% do tráfego total, mas o facto é que a ilha até aumentou ligeiramente o seu peso no total, embora perdendo, cerca de 1,77% em relação ao ano passado, e já está a perder 9,45% em relação a 2009. Mas a Terceira, que representa 23,96% do tráfego, perdeu 4% em relação ao ano passado, já está a perder 15,2% em relação a 2009 e baixou o seu peso no total. Em relação a 2009, S. Miguel perdeu 17.897 passageiros, enquanto que a Terceira perdeu 11.874.   
Santa Maria e o Pico têm apresentado tendências de crescimento. Santa Maria já atingiu 1,07%, quando em 2009 tinha um peso de apenas 0,73%, mas este ano baixou para 0,94%, com um total de 2.977 passageiros. O Pico atingiu este ano o seu maior valor de sempre, com um peso de 1,94%, o que corresponde a 5.366 passageiros. Já o Faial, também atingiu este ano o seu pior valor de sempre, com um peso de 11,16%, e uma descida em relação a 2009 de 16,4%, o que é a maior redução dos Açores.
Em relação às viagens inter-ilhas, o número de desembarques neste período desce pelo 2º ano consecutivo, estando nos 368 mil passageiros, o que é o pior valor desde 2010. Em relação a 2012, houve reduções em quase todas as ilhas, com excepção do Corvo, Faial e S. Jorge. Comparando com o ano de 2009, a redução total foi de 2,23%, com reduções em todas as ilhas à excepção do Corvo e Pico. A Terceira regista a maior redução em relação a 2009 (-7,8%), enquanto que em relação ao ano passado a maior redução foi da Graciosa (-8,35%).
Em termos das ligações internacionais o caso é diferente. Há um aumento total de 14,7% em relação ao ano passado, com subidas de 14,9% em S. Miguel e 13,5% na Terceira. S. Miguel é responsável por 86,7% do total sem que tenham existido grandes flutuações.