Sector das Pescas perde cerca de 2,8 milhões de euros na safra de 2013

pescaNo ano de 2013 (cálculos feitos para o período de 1 de Janeiro a 17 de Dezembro), de acordo com os dados da Lotaçor, o sector das pescas aumentou o peso geral das capturas em cerca de 8,5%, mas baixou o valor realizado em Lota em cerca de 8%. O total de capturas atingiu as 13,845 mil toneladas, que renderam em Lota cerca de 33,75 milhões de euros, o que representa uma perda de 2,8 milhões de euros. Trata-se do 4º ano consecutivo com quebras no rendimento, desde os 38,7 milhões de euros registados no ano de 2010.
As capturas de atum continuam a representar mais de metade de todo o peixe em termos do peso, atingindo quase 61% este ano. Foram capturadas 8,4 mil toneladas de atuns, o que em relação aos últimos 4 anos é um valor médio (o maior foi em 2010, com 13,7 mil toneladas). Em termos do valor, o seu peso ficou-se pelos 42,8% do total, com cerca de 14,4 milhões de euros, que é o valor mais baixo desde 2010.
As restantes espécies representaram 39,1% das capturas, com um peso de 5,4 mil toneladas, que mantém a média de anos anteriores. No entanto, o seu valor ficou-se pelos 19,2 milhões de euros, que é o valor mais baixo desde pelo menos o ano de 2009.