Desde 2012, preço dos combustíveis mais caro nos Açores mas não no país

combustiveisA taxa de inflacção média nos Açores desceu de 1,71% para 1,61% entre os meses de Janeiro e Fevereiro, mas a diferença com o resto do país continua elevadíssima: a média nacional em Fevereiro manteve-se nos 0,26%...
Na comparação entre grupos de produtos, percebe-se bem como os açorianos continuam a ser prejudicados. Com uma taxa de 2,97% nos “produtos alimentares e bebidas não alcoólicas”, apesar da descida em relação aos 3,46% registados em Janeiro, trata-se de uma taxa que é quase o dobro da nacional, que se ficou pelos 1,38%. Por outras palavras, uma diferença de 1,4 euros numa compra de 100 euros entre os Açores e o continente. Essa é uma área com impacto significativo no consumo regional.
Muito significativa é também a diferença ao nível dos “produtos energéticos”, nomeadamente os combustíveis. Enquanto que no país a variação média é negativa, atingindo em Fevereiro os -1,23%, nos Açores há a variação é de 1,69%.
Quando se compara o valores homólogos, os açorianos estão hoje a pagar mais 0,76% no geral do que em 2012, enquanto que os preços estão mais baixos no continente (são 98,76% do que eram no ano passado). Em relação aos produtos energéticos a diferença é quase radical: 99% no continente e 104,7% nos Açores. Ou seja, no resto do país os preços dos combustíveis estão 1% abaixo do que eram em 2012, mas nos Açores o seu valor aumentou 4,7%...