Recolhidos mais de 9 mil litros de óleo usado na Ribeira Grande

A Câmara Municipal da Ribeira Grande recolheu entre os meses de Janeiro a Setembro, mais de 9 mil e 500 litros de óleo doméstico usado. Um volume muito positivo e significativo, passado um ano após a implementação deste sistema de recolha, com a distribuição de oleões pelas catorze freguesias do concelho. 
A maior quantidade de óleo usado foi recolhida no Canal Horeca (hotéis, restaurantes e cafés), Escolas e Cantinas, totalizando os 5364 litros. 
Nos 14 oleões distribuídos pelas freguesias, foram recolhidos em igual período 4137 litros de óleo alimentar doméstico.
A maior quantidade de óleo recolhido nos oleões surge nas freguesias de maior densidade populacional, ou com maior número de hotéis, restaurantes, cafés e escolas. São os casos de Matriz (657 litros); Conceição (634 litros); Maia (393 litros); Pico da Pedra (598 litros) e Rabo de Peixe (377 litros). Uma recolha crescente e significativa, demonstrando uma cada vez maior sensibilidade para as questões ambientais, tem surgido em pequenas localidades do concelho, como Calhetas, Fenais de Ajuda e Lomba de São Pedro, com valores que rondam aos 30 e os 90 litros, nos últimos nove meses deste ano.
No caso do canal Horeca, as freguesias urbanas de Conceição, Matriz e Ribeira Seca lideram as estatísticas, com valores de recolha a oscilar entre os 700 e os 1600 litros.
A recolha dos óleos está a cargo da Equiambi – Equipamento, Serviço e Gestão Ambientais que está a operar no concelho da Ribeira Grande ao abrigo de um protocolo de cooperação assinado com a Câmara Municipal.
Os óleos recolhidos serão depois transformados em Biodiesel, em que parte deste combustível é utilizado nas viaturas da Câmara Municipal.
Os 14 oleões, com capacidade para 360 litros, estão colocados junto a ecopontos existentes nas freguesias, sendo os estabelecimentos de ensino os locais privilegiados.
Este é mais um serviço prestado pela autarquia para a preservação do ambiente, ao qual se junta a recolha de vidro, papel, metal, plásticos e monstros.