Visado do conselho de administração do Hospital de PD responde, através de advogado, a “falsas acusações”

Do dr. Ricardo Pacheco, advogado, recebemos a seguinte nota, que publicamos na íntegra:

Comunicado

1 - No passado dia 10 de Outubro de 2011, o jornal Diário dos Açores apresentou uma notícia que sumariamente se transcreve:
“Uma das senhoras que estiveram ali internadas na semana passada queixa-se que um membro do conselho de administração terá tido relações sexuais com a sua namorada no quarto aonde se encontravam outras pacientes”.
2- Devidamente mandato pelos visados, comunico que os factos que a notícia em causa transcreve são falsos, sendo que nunca foram praticados actos de natureza sexual pelas pessoas a quem se procura imputar a autoria dos mesmos.
3 - A falsa denúncia apresentada voluntária e intencionalmente a vários órgãos de comunicação social, teve o objectivo de atacar sem dó nem piedade a dignidade de dois cidadãos.
4 - A presente situação trouxe um profundo sentimento de tristeza, angústia e revolta nas suas verdadeiras vítimas, as quais foram de forma falsa, infundada, torpe e violenta atacados na sua dignidade.
5 - O presente caso será discutido nas instâncias próprias e visando o apuramento de toda a situação. todos os cidadãos têm direito ao princípio constitucional de presunção de inocência até prova em contrário.

O advodado
Ricardo Pacheco