Autor dos disparos que feriram policias em Santa Maria morreu

O homem que na quinta-feira alvejou a tiro três polícias no aeroporto de Santa Maria  morreu vítima dos ferimentos provocados pela tentativa de suicídio, disse  fonte policial à Lusa.

O incidente ocorreu no aeroporto de Santa Maria quando o homem tentava impedir a mulher e os filhos de embarcarem num avião com destino a Ponta Delgada, na ilha de S. Miguel.
O homem pôs-se em fuga depois de efectuar os disparos contra os agentes policiais, revelou anteriormente o subcomissário Nuno Costa à agência Lusa.
Um dos polícias feridos foi transportado para o Hospital de Ponta Delgada, mas encontra-se livre de perigo, assim como os outros dois agentes atingidos, frisou também o subcomissário.
O autor dos disparos, um homem de cerca de 30 anos, estava também alegadamente indiciado por crimes de violência doméstica, tendo a mulher decidido abandoná-lo e viajar para Ponta Delgada.