Deputado do PPM denuncia situação de pré-ruptura de alimentos no Corvo

corvo1O Presidente da Câmara de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro, e o Reitor do Santuário da Esperança, cónego Adriano Borges, assinaram um protocolo, através do qual a autarquia atribui, ao Santuário, uma verba de 247.300 euros.

O montante visa a recuperação e regeneração da azulejaria e da pintura de madeira do Coro Baixo do Santuário da Esperança, “tendo em conta o interesse e valor patrimonial deste edifício, classificado como imóvel de interesse público em 1953, assim como o respectivo recheio, que integra o Tesouro do Senhor Santo Cristo dos Milagres”, sublinha a autarquia, em nota..

Cedido em 2004 ao Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, o Convento de Nossa Senhora da Esperança está a ser alvo de profundas obras de restauro e conservação, entre as quais a recuperação da azulejaria do Coro Baixo, que data do século XVIII e foi produzida por António de Oliveira Bernardes. Ali se encontra, ainda, a Capela e a Imagem do Senhor Santo Cristo.

Os azulejos do Coro Baixo são um património cultural único nos Açores e um dos poucos existentes em todo o país. Esta é a primeira vez na história que se procede ao restauro desse património com o apoio.

A deliberação da autarquia, com vista à atribuição da verba ao Santuário da Esperança, foi aprovada na última reunião de Câmara, por unanimidade e “corresponde ao exercício de parceria e corresponsabilidade que a Autarquia tem vindo a manter com o património e com a cultura”, segundo disse José Manuel Bolieiro.

O Presidente da Câmara considerou o Coro Baixo do Santuário da Esperança como “o expoente máximo dessas referências e mais uma regeneração das existências dos nosso património cultural e religioso.

Para o Reitor do Santuário da Esperança, “o apoio da Câmara de Ponta Delgada é recebido com grande alegria, porque estamos a falar de um património religioso e cultural que constitui uma marca para São Miguel e para os Açores em geral”.

“Os nossos devotos e todos aqueles que visitam o Santuário da esperança verão com bons olhos esta grande aposta da Câmara de Ponta Delgada. O Município tem de continuar a apoiar a cultura e o património” - sustentou.