Mais 290 açorianos entraram nos programas ocupacionais

desemprego2

O número de desempregados que passaram para os programas ocupacionais voltou a aumentar em Outubro, quando se julgava que a tendência seria para baixar.

Segundo os últimos dados do Instituto do Emprego, foram mais 290 açorianos que engrossaram os programas ocupacionais em Outubro, elevando para 6.219 o número total de açorianos que beneficiam destes programas, quando em Setembro eram 5.929.

A maior queda registou-se exactamente em Setembro, com 5.929 ‘ocupados’, muito longe dos 7.363 com que se iniciou o ano em Janeiro.

Se recuarmos a 2013 os valores atingiam 2.727 ‘ocupados’, subindo para mais de 5 mil no ano seguinte.

Se somarmos os ‘ocupados’ ao número de desempregados, que era em Outubro 8.677, temos então 14.896 pessoas no desemprego e nos programas ocupacionais.

A entrada dos 290 em Outubro, permitiu baixar o número de desempregados, pelo que a subida de mais ‘ocupados’ naquele mês só poderá ser explicada como um mecanismo para baixar o número de desempregados.

Com os 6.219 ‘ocupados’ no arquipélago, somos a região com mais beneficiários nestes programas.

O Centro de Emprego de Lisboa regista 3.758, Sintra 3.554, Vila Nova de Gaia 3.330, Madeira 3.080 e todas as outras regiões abaixo destes valores.

O Centro de Emprego de Ponta Delgada continua a registar o maior número de ‘ocupados’, com 3.895, seguindo-se Angra do Heroísmo, com  1.442 e Horta, com 882.

A Horta tem mesmo mais ‘ocupados’ (882) do que desempregados (651).