PSP detém nos Arrifes suspeito de tráfico de droga foragido há dois meses

PSP3Um homem de 37 anos de idade foi detido pela Polícia de Segurança Pública (PSP), na semana passada, nos Arrifes, por suspeitas da prática dos crimes de tráfico de estupefacientes, posse de arma proibida, resistência e coacção sobre funcionário e um crime de evasão.

“O agora detido encontrava-se foragido e escondido em local incerto há cerca de dois meses, altura em que, após ter sido detido em flagrante delito por polícias da EIC [Esquadra de Investigação Criminal] numa operação então feita, conseguiu fugir”, explica a PSP, em comunicado.

A detenção feita na passada semana ocorreu na sequência de uma operação policial que, entre outros meios, compreendeu a realização de duas buscas domiciliárias.

Presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Ponta Delgada, ficou sujeito à medida de coacção de prisão preventiva

Na mesma semana, a PSP também da Esquadra de Investigação Criminal procedeu à detenção de outro homem, de 50 anos, suspeito da prática de um crime de tráfico de estupefacientes

“A detenção ocorreu em Ponta Delgada após o suspeito ter sido encontrado, em flagrante delito, na posse de 140 doses de haxixe”, informa a PSP.

O indivíduo, que já tinha antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, foi presente a primeiro interrogatório judicial e ficou sujeito à medida de coacção de prisão domiciliária.

 

Cinco furtos no Nordeste

 

Entretanto, no Nordeste, a PSP identificou e constituiu como arguido um homem de 55 anos, no decurso de uma investigação relativa a cinco furtos ocorridos naquele concelho.

“No decurso de diligências de investigação, relativas a cinco furtos qualificados, de electrodomésticos, ferramentas eléctricas e de material de construção civil, ocorridos no concelho de Nordeste, a Brigada de Investigação Criminal da Esquadra do Nordeste, em colaboração com uma equipa da Esquadra de Investigação Criminal de Ponta Delgada, procedeu ao cumprimento de Mandados de Busca e Apreensão, emanados pela Autoridade Judiciária competente, visando residências nos concelhos de Ponta Delgada e Nordeste”, refere fonte da PSP.

No decurso das buscas, foram apreendidos 72 artigos, no valor de cerca de 3500 euros, que “pelas características apresentadas, indiciaram estar relacionados com os ilícitos criminais em investigação, sendo posteriormente devidamente reconhecidos pelos seus legítimos proprietários, lesados nos autos”, acrescentou ainda a PSP.

Entretanto, entre os dias 5 e 7 de Janeiro, foram detidos seis condutores alcoolizados na ilha de São Miguel, com taxas de álcool no sangue entre os 1.20 e os 2.30 g/l, e dois indivíduos por violência doméstica, um em Ponta Delgada e outro nas Capelas.