Seis novas confirmações para o Monte Verde Festival

Monte Verde Festival - públicoOs artistas Piruka, Slow J, ProfJam, Blaya, Primal Attack e Supa Squad são os novos nomes confirmados para o cartaz da sétima edição do Monte Verde Festival, que acontece a 9, 10 e 11 de Agosto na Ribeira Grande.

Os seis novos nomes juntam-se aos já anunciados Opal Ocean, Wet Bed Gang, NBC, Isaura e Beatbombers. Segundo a organização, fica ainda a faltar “o anúncio de muitos mais artistas, incluindo os cabeças de cartaz para esta que promete ser mais uma edição em grande do Monte Verde Festival”.

Piruka é sinal de milhões de visualizações e é provavelmente o rapper mais em voga no panorama do hip-hop nacional no momento. Temas como “Se eu não acordar amanhã” e “Ca Bu Fla Ma Nau” foram recorrentemente ouvidos nas rádios nacionais e ajudaram o rapper da Madorna a ter uma ascensão meteórica na música portuguesa. 

Slow J é outra das confirmações, marcando assim o seu regresso ao Monte Verde Festival depois de na última edição ter sido o ponto alto da Welcome Party. Em 2017 lançou “The Art of Slowing Down”, o seu álbum de estreia que funde o hip-hop, rock, semba, fado, o R&B e até uma balada pop acústica e que se tornou rapidamente num caso sério da música portuguesa. Do álbum fazem parte temas como “Casa” e “Vida Boa”, temas estas que foram uma autêntica lufada de ar fresco na música nacional.

Na sétima edição do Monte Verde Festival o hip-hop nacional vai estar bem representado e a juntar aos dois nomes já referidos temos ProfJam numa estreia absoluta em São Miguel. O seu rap não tem caracterização e é o próprio que o afirma: “cuspo imaginação, ideias e ideais, não acredito em rótulos, gosto mais de livros de instruções”. 

Blaya é outra das confirmações. Depois do sucesso alcançado com os Buraka Som Sistema, a artista lança-se agora a solo e para 2018 está previsto o lançamento do seu novo álbum. 

As sonoridades do rock também têm o seu lugar no palco do MVF com os Primal Attack. A banda lisboeta formada em 2012 conta já com dois álbuns, tendo o seu último álbum sido lançado em 2017. “Heartless Oppressor” é o seu mais recente disco.

Para completar o leque de confirmações juntam-se também os Supa Squad com a sua fusão entre new roots, reggae, dancehall e moombathton. Esta dupla de cantores e produtores tem vindo a alcançar cada vez mais sucesso a nível nacional e temas como “The One” ou “That Body” foram ouvidos por todo o país, tocando por todas as rádios nacionais. O seu estilo é único em Portugal e em agosto vão estar presentes na sétima edição do Monte Verde Festival.

Os bilhetes para festival já se encontram à venda, custando numa primeira fase de vendas 23 euros, mais 5 euros com campismo incluído.