Vereação socialista acusa Bolieiro de não abdicar de posição de mordomo

Espirito Santo - coroa iluminadaOs vereadores do PS na Câmara Municipal de Ponta Delgada apresentaram uma proposta, com efeitos já em 2018, para que o Mordomo das Grandes Festas do Espírito Santo de Ponta Delgada seja o Mordomo mais jovem de todos os do concelho, a cada ano, passando para o imediatamente a seguir, em caso de repetição.

De acordo com os socialistas, esta iniciativa tinha por objectivo “devolver o verdadeiro simbolismo da figura do Mordomo, assim como, de valorizar e estimular a participação dos mais jovens nestas festividades”, no entanto, avançam, “foi chumbada pela maioria do PSD, que a todo o custo quer manter Bolieiro Mordomo com o dinheiro de todos os munícipes”.

Entende o PS que “desta forma, e além de não abdicar da mordomia, José Manuel Bolieiro dá razão ao Partido Socialista relativamente às práticas que têm sido exercidas pelo município, de total politização e deturpação, pela entronização e despropositado aproveitamento para promoção pessoal do Presidente do Município, naquela que é a mais genuína manifestação de fé entre nós e enaltecedora da igualdade”.

Para o PS, “o Mordomo representa valores muito nobres que não devem ser adulterados, mas sim exaltados e fomentados, como seja, o seu compromisso solidário e voluntário perante o Divino em realizar a festa como resultado e agradecimento do cumprimento de promessa feita para recebimento de uma especial graça do Divino Espírito Santo, ao contrário daquelas que têm vindo a ser as práticas exercidas pela autarquia”.

Os vereadores do PS defendem que é preciso “despolitizar o máximo possível as comemorações em honra do Divino Espírito Santo”, considerando que, mesmo sendo uma iniciativa e organização da Câmara Municipal de Ponta Delgada, “não pode a tradição ser apagada, muito pelo contrário, deve ser salvaguarda e perpetuada dando o exemplo e feita a pedagogia das boas práticas pelo concelho”.

“As festividades do Espírito Santo são as comemorações mais vivenciadas nos Açores, sendo por isso, também, comemoradas no Dia dos Açores, envolvendo muitos recursos na sua organização e devota participação, sempre em nome dos valores da solidariedade, da igualdade e da partilha”, finaliza o PS.

Mais Lidas nos últimos 3 dias

Condutor detido com 2,94 g/l de álcool no sangue
terça, 13 novembro 2018, 00:00
Faleceu o deputado do PSD/Açores Paulo Parece
terça, 13 novembro 2018, 00:00