“O PSD/A enerva-se sempre que o sector das pescas melhora”, afirma José Ávila

José Ávila - deputado PS Açores“As declarações do deputado Jaime Vieira do PSD acerca da safra de atum são despropositadas, injustificadas e totalmente infundadas”, afirmou José Ávila reagindo às declarações recentemente proferidas pelo deputado social democrata, em que o mesmo referia que o Governo dos Açores deixava sem resposta os pescadores.

O deputado do Grupo Parlamentar do PS/Açores acusou o PSD de ter uma visão distorcida da realidade: “só assim se pode associar um bom momento da pesca açoriana a um tratamento diferenciado dado aos pescadores”. José Ávila afirmou que o maior partido da oposição “ao invés de arranjar expedientes para atacar o Governo dos Açores, devia vir a público reconhecer que o sector reagiu muito bem a um período menos bom e está em franca recuperação devido a medidas implementadas pelo Governo dos Açores em perfeita e permanente concertação com os pescadores”.

“Foi garantido pelo Secretário do Mar que não foram detectadas embarcações dentro das 15 milhas, conforme é insinuado. E mais, para o Partido Socialista, a classe nunca será dividida, porque sempre foi nosso apanágio tratar todos por igual”, referiu o parlamentar do Partido Socialista.

O deputado socialista lamentou ainda que “o PSD utilize os pescadores numa espécie de guerrilha política, de forma a fazer esquecer as despropositadas propostas com que brindou o sector quando este atravessou dias menos bons. Não se percebe este nervosismo do PSD quando o sector dá sinais de melhora”.

José Ávila acrescentou que interessa perceber que os pescadores açorianos capturaram, no primeiro semestre de 2018, mais 141% de atum do que em igual período do ano passado e que rendeu mais 260%, beneficiando todos os pescadores, quer as grandes embarcações quer as pequenas” e que, portanto, “os deputados do PSD deveriam informar-se melhor, antes de proferir tais afirmações”, concluiu.