Ministro da Defesa garante verbas no OE de 2019 para o Centro para a Defesa do Atlântico

Azeredo Lopes1O Ministro da Defesa, Azeredo Lopes, garantiu no Parlamento que haverá verbas para o Centro para a Defesa do Atlântico (CeDA) a instalar na Base das Lajes, Terceira, no próximo Orçamento de Estado (OE 2019). Já o Secretário de Estado da Defesa, Marcos Perestrelo, assegurou que haverá para breve um reforço de uma nova tripulação para operar os helicópteros que prestam socorro a partir daquela ilha açoriana.

Os governantes respondiam à deputada socialista eleita pelos Açores, Lara Martinho, numa audição parlamentar. Na ocasião, a deputada apontou a evolução registada na Base das Lajes, nos últimos três anos, em contraponto com a situação encontrada quando o PS chegou ao Governo. 

Nessa altura, recordou a parlamentar, “os EUA anunciam a redução de efectivos militares e civis na Base das Lajes; o processo de descontaminação estava estagnado; as infraestruturas estavam a ser abandonadas pelos norte-americanos; previa-se que o PIB da ilha decrescesse 6,1%, e a taxa de desemprego aumentasse 55%; os constrangimentos na utilização da pista do aeroporto das Lajes impediam a operação de uma companhia low cost  e reinava a passividade no Governo da República PSD /CDS, sem capacidade de exigir dos EUA e sem soluções nacionais”.

Situação “bastante distinta” da de hoje, sustentou a terceirense. “A situação da Base das Lajes está estável e os EUA começam a falar no vinda de militares norte-americanos acompanhados das suas famílias; as infraestruturas abandonadas foram cedidas à região autónoma e são hoje um importante activo do projecto Terceira Tech Island que está a transformar a ilha num pólo tecnológico; garantiu-se a flexibilização da utilização do aeroporto das Lajes, assegurando-se o início da operação da ‘low cost’ Ryanair que está a transformar o turismo na ilha, em 2016, houve um aumento de 131,6% das dormidas, foram mais 54565 dormidas na ilha Terceira”, enumerou. Mas não é só, o PiB cresceu, foi concluído recentemente a certificação para uso civil do aeroporto internacional das Lajes e houve passos significativos dados pelo Governo para a criação do CeDA e do Centro Nacional de Operações SST (Space Surveillance Tracking). 

A socialista açoriana referiu ainda o trabalho no âmbito da descontaminação. “A situação ambiental no concelho da Praia da Vitória regista uma melhoria contínua, nos dois locais que foram identificados como prioritários e as análises da água cumprem com as normas de qualidade”, defendeu, pedindo um ponto de situação sobre esta matéria e relembrando a importância de uma descontaminação global e célere.

Na resposta, o Ministro da Defesa disse que “este Governo olhou para a Base das Lajes num sentido mais polivalente, aproveitando a sua posição absolutamente estratégica para a segurança atlântica”, garantiu, salientando também a importância da questão ambiental. 

“É gratificante verificar como entre finais de 2015 e 2018 há evolução, um salto qualitativo, mas nunca nos deixa satisfeitos até o território estar totalmente descontaminado”, afirmou, adiantando que o novo estudo adjudicado ao Laboratório Nacional de Engenharia Civil e ao Laboratório Regional de Engenharia Civil estará concluído no final deste ano.