60% das medidas do Plano de Acção de Combate à Pobreza nos Açores estão em curso

Plano combate à pobreza - reuniãoJá estão em curso 60% das 83 acções previstas no I Plano Bianual 2018-2019 de Combate à Pobreza e à Exclusão Social, anunciou ontem o Governo açoriano.

Segundo revelou a Secretária Regional da Solidariedade Social, em Angra do Heroísmo, “houve um primeiro momento de balanço, em que foi apresentado o desempenho dos vários órgãos responsáveis pela implementação de cada uma das acções, sendo que uma das primeiras conclusões é que, nesta fase, temos 60% das medidas previstas no plano bianual em curso, o que já é um nível satisfatório”.

Andreia Cardoso falava à margem de uma reunião entre o Conselho Estratégico e a Comissão Científica da Estratégia Regional de Combate à Pobreza e à Exclusão Social. “A destacar, por exemplo, temos a medida que diz respeito à parceria de intervenção comunitária, desenvolvida pela Solidariedade Social e pela Educação, um projecto nas escolas com vista à melhoria do sucesso escolar dos alunos, que já decorreu na Lagoa e que, este ano, avançamos para o Nordeste e para a Povoação”, salientou a governante, referindo-se ao projecto ‘Escola Família e Comunidade’.

Na área da Saúde, a Secretária Regional destacou “o alargamento da saúde escolar aos centros de desenvolvimento e inclusão juvenil, que é uma medida nova e que já se encontra em concretização”.

Andreia Cardoso referiu, no entanto, que o encontro de ontem também se destina a “avaliar os constrangimentos até agora detectados pelo Conselho Estratégico”, para que seja possível encontrar, com a Comissão Científica, “aquelas que podem ser as soluções para ultrapassar estes constrangimentos”, designadamente assegurar que “todas as pessoas que têm responsabilidades na execução do plano bianual efectivamente se encontram mobilizadas para a execução das acções que têm sob a sua responsabilidade”.

Outro factor relevante, referiu a Secretária Regional, é “fazer chegar a informação à população de que o plano bianual está em execução, aspecto essencial até para garantir o envolvimento de todos os parceiros”, adiantando que o Governo dos Açores já deu início a um ciclo de encontros públicos que pretendem, precisamente, dar a conhecer o documento, tendo já decorrido os primeiros encontros nas ilhas das Flores e do Corvo.

No encontro realizado esta quarta-feira em Angra do Heroísmo, em que participam elementos de todos os departamentos governamentais envolvidos na estratégia, assim como todos os elementos da Comissão Científica que acompanha a sua implementação, o Governo dos Açores realiza, assim, um balanço da execução do I Plano Bianual 2018-2019.