Gala Regional Caravela D’ouro a 13 de Abril

Gala Caravela Douro

No dia 13 de Abril, pelas 20h30, que o Gimnodesportivo da Vila da Povoação acolherá a Gala Regional dos Pequenos Cantores Caravela D’ouro, que vai na sua vigésima oitava edição e terá como cenário “O Livro da Selva”. 

Organizado pela Câmara Municipal da Povoação, o evento musical contará com 12 participantes, dos 5 aos 10 anos, que serão avaliados por um júri de 5 elementos, presidido por Hélio Soares, seguindo-se Mónica Avelar, Baltazar Franco, Emanuel Bandarra e Filomena Loura.

Os pequenos participantes serão acompanhados, como já é tradição, por 17 músicos e dois solistas que compõem a Orquestra Ligeira da Câmara Municipal da Povoação, sob a batuta do maestro Carlos Sousa e pelo Coro Infanto-Juvenil da Caravela D’ouro, composto por 43 crianças do município povoacense, sob a direcção da Maestrina Andreia Festa Amaral.

O evento, com apresentação de Graça Moniz, contará ainda com a participação especial de Maria Frederica, vencedora da Gala Caravela D’ouro do ano passado e com o representante do Festival Infantil Baleia de Marfim, das Lajes do Pico. 

 

Investigadora Creusa Raposo lança livro sobre Património Cultural dos Arrifes

Creusa Raposo“Arrifes: Detentores de Património cultural?” é como se intitula o livro que a investigadora açoriana Creusa Raposo se prepara para lançar. 

A obra reúne investigação de cerca de uma década sobre a história, território, toponímia, património imaterial e material da freguesia de Arrifes, concelho de Ponta Delgada, e o seu lançamento em São Miguel está previsto para os próximos meses de Maio ou Junho, ainda em data a anunciar. 

A autora já foi, entretanto, convidada a apresentar o seu trabalho junto da diáspora, nos Estados Unidos da América. No último sábado, 30 de Março, a convite da Junta de Freguesia, Creusa Raposo marcou presença, num encontro com emigrantes, em New Bedford, onde falou sobre o seu trabalho investigativo. O encontro pretendeu reunir a comunidade dos Arrifes e homenagear naturais daquela freguesia que se destacaram nos EUA. 

Creusa Raposo é mestre em Património e Museologia, tendo apresentado a sua dissertação de mestrado sobre a temática “Arrifes: urbanismo e património construído”. A investigadora tem contribuído para a promoção do património cultural açoriano, com a participação em conferências e outras actividades, a par da publicação de artigos na comunicação social regional.

Filme produzido no Centro de Saúde de Ponta Delgada seleccionado para festival internacional de cinema

filme viveO filme “VIVE”, da autoria de Sara Ponte e Filipe Tavares, foi seleccionado para o “International Short Films & Arts Festival” - FISFA, que integra a “15th World Rural Health Conference”, promovida pela Organizac?a?o Mundial dos Me?dicos de Fami?lia (WONCA). O evento, ira? decorrer nos dias 26 e 27 de Abril em Nova Deli, I?ndia.

Sob o tema “Leaving no one behind”, o festival aborda diversos to?picos na a?rea da sau?de assentes nos objectivos de desenvolvimento sustenta?vel das Nac?o?es Unidas.

Entre Setembro de 2016 e Abril de 2017, 86 utentes do Centro de Sau?de de Ponta Delgada, participaram num estudo de investigac?a?o, com o objectivo de avaliar a exequibilidade da introduc?a?o do yoga nos cuidados de sau?de prima?rios e determinar o seu efeito na qualidade de vida e no stress psicolo?gico dos utentes.

O filme, realizado por Filipe Tavares e produzido pela Ventoencanado, testemunha a experie?ncia humana vivenciada pelos participantes, naquele que tera? sido, provavelmente, o primeiro estudo realizado em Portugal, sobre o potencial do yoga enquanto terapia complementar nos cuidados de Sau?de Prima?rios.

O estudo, desenvolvido por Sara Ponte, interna de Medicina Geral e Familiar, com a orientação científica da Professora Luísa Mota Vieira, teve o apoio logi?stico da Unidade de Sau?de da Ilha de Sa?o Miguel e da ARTAC - Associac?a?o Regional para a Promoc?a?o e Desenvolvimento Sustenta?vel do Turismo, Ambiente, Cultura e Sau?de.

Livraria SolMar apresenta os Melhores Livros de 2018

livraria solmarIrá decorrer hoje, pelas 20h30, na livraria SolMar Artes e Letras a apresentação de mais uma edição “Livros do Ano”. Os convidados deste ano são: Maria Brandão, Isabel Barata, Urbano Bettencourt e Nuno Barata Almeida e Sousa.

Conforme se pode ler na nota enviada às redacções, “esta é uma iniciativa que se realiza todos os anos na  livraria, tendo como principal objectivo dar a conhecer os livros que constituíram no ano transacto a preferência dos quatro leitores convidados, personalidades distintas em várias áreas profissionais da nossa sociedade. Entre sínteses e passagens, a emoção da leitura poderá ser uma espécie de contágio para que os presentes busquem as mesmas sensações e agucem a procura dessas escolhas”. Paralelamente às escolhas que serão dadas a conhecer pelos convidados, a livraria apresenta ainda os seguintes destaques: o acontecimento literário do ano, o acontecimento editorial, o livro mais vendido do ano, e por último o pior acontecimento que se destacou pela negativa no mundo dos livros.

Actriz Ana Lopes grava nova série em Hollywood

Ana Lopes - actrizA actriz Ana Lopes, nascida em Coimbra mas que cresceu na ilha de São Miguel, está a gravar uma nova série em Hollywood.

A jovem actriz está a filmar os primeiros episódios da nova série, uma comédia  da autoria de escritores da Sony e da Paramount, que aborda, de forma satírica, a actual situação política e as mais variadas questões sociais, fazendo lembrar programas como o “Late Night”, “Meet the Press” e “Bill Nye Saves the World”.

Recorde-se que Ana Lopes vive e trabalha como actriz em Hollywood, onde estudou Representação há mais de uma década, ainda antes do surto de actores portugueses que se verifica hoje na capital do Cinema.

Já participou em mais de uma centena de produções e, embora encontremos, entre as mesmas, novelas e telefilmes nacionais, foram os filmes independentes que gravou aqui, em Londres e em Los Angeles, que a tornaram a actriz portuguesa mais jovem com o currículo de Cinema mais extenso.

Ana Lopes tem ainda mais quatro longas metragens independentes para gravar entre este ano e o próximo, bem como dois pilotos e outros três filmes em pós-produção.