Solenidade da Assunção da Virgem Maria assinalada hoje em todas as paróquias

nossa senhora dos anjos agua de pauA Solenidade da Assunção da Virgem Maria, celebrada em todo o mundo católico, tem como expoentes máximos na Diocese de Angra as festas em Vila do Porto, na ilha de Santa Maria e as festas em honra de Nossa Senhora dos Anjos, padroeira da Vila de Água de Pau, no concelho da Lagoa, na ilha de São Miguel.

Em Santa Maria, esta solenidade coincide com o feriado municipal assim definido por ter sido o dia da descoberta da ilha.

Em São Miguel, a missa solene em honra de Nossa Senhora dos Anjos, às 12h30, será presidida pelo bispo D. Wieslaw Spiewak, da diocese de Hamilton na Bermuda e a procissão realiza-se às 17h30, com a participação de 10 bandas filarmónicas. Esta procissão é, a seguir à procissão do Senhor Santo Cristo dos Milagres, a segunda maior da ilha. Durante a procissão de 14 andores, enfeitados pelas famílias da comunidade, a imagem da Senhora dos Anjos percorre as principais ruas da freguesia e vai recebendo ofertas em dinheiro, atirado em argolas, decoradas com flores, que são enfiadas no braço da imagem que está erguido na vertical.

Ainda em São Miguel há, neste dia, mais três festas em honra das padroeiras: na Fajã de Baixo, em Ponta Delgada, honra-se Nossa Senhora dos Anjos, com missa e procissão e na Ajuda da Bretanha, honra-se Nossa Senhora da Ajuda que, com o mesmo nome é também festejada nos Fenais da Vera Cruz!

Também na ilha Terceira há três paróquias que hoje acolhem a festa da padroeira: Nossa Senhora da Guadalupe, na Agualva; Nossa Senhora das Mercês na Feteira e Nossa Senhora do Pilar, nas Cinco Ribeiras. Também no Faial, a Praia do Almoxarife recebe a festa de Nossa Senhora da Graça. Nas Flores e no Corvo a Solenidade assume um cariz importante com a festa de Nossa Senhora dos Milagres que contará com as pregações do diácono Heriberto Brasil.

A importância do culto a Nossa Senhora, por parte dos católicos, reside na convicção de que  Maria tem uma “missão de intercessão e salvação”, pois  “Nossa Senhora ao ser assunta ao Céu fica mais próxima de seus filhos aqui na terra, intercedendo por eles junto a Jesus, e torna-se um sinal luminoso da vida futura que esperamos” como  referiu  a seu tempo o actual papa emérito  Bento XVI.

Este ano a igreja celebra o 68º aniversário da definição solene do Dogma da Assunção de Nossa Senhora em Corpo e Alma ao Céu (Constituição Apostólica “Munificentissimus Deus”, 1 de Novembro de 1950).

Festas do Senhor da Pedra em Vila Franca entre 22 e 30 de Agosto

senhor da pedra 2017 1Milhares de peregrinos são esperados na primeira capital da ilha de São Miguel entre 22 e 30 de Agosto para a habitual festa do Senhor da Pedra, organizada pela Santa Casa da Misericórdia e que é uma das mais concorridas festas religiosas de Verão na ilha de São Miguel.

Este ano o tríduo preparatório da festa, de 21 a 23, será pregado pelo Pe. Cipriano Pacheco e a festa é presidida pelo cónego Adriano Borges, Vigário Episcopal para São Miguel e Santa Maria.

Os dias principais da festa, 25 e 26 de Agosto, contarão com a habitual homenagem ao Senhor Bom Jesus da pedra (25 de Agosto às 12h00); Procissão da Mudança da imagem (25 de Agosto, 21h30); Missa da Festa (dia 26, 11h30) e Procissão (26 de Agosto, 18h00).

Trata-se de uma festa que extravasa o âmbito concelhio e chama a Vila Franca inúmeros cristãos, inclusive da diáspora.

Não é fácil precisar em que altura começou este culto e estas festas. Sobre a imagem há uma lenda que diz que deu à costa, dentro de uma caixa de madeira, na praia do Corpo Santo, em data desconhecida. As duas imagens – a primitiva e a actual – representam a imagem do “Ecce Homo”, o Cristo coroado de espinhos, sentado numa pedra.

As festas em honra do Senhor Bom Jesus da Pedra estão, desde sempre, a cargo da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo e realizam-se no último Domingo de Agosto de cada ano, pelo menos desde 1903, data da autorização do Papa Leão XIII para que estas festividades fossem reconhecidas.

“O Santo Padre o Papa Leão XIII, atendendo às humildes suplicas, concede o privilégio, a partir do dia de hoje, de se poder celebrar, com pompa sagrada exterior, no Domingo, a Festa de Nosso Senhor Jesus Cristo, Coroado de Espinhos, como vem no apêndice do Missal Romano, na Sexta-feira depois das Cinzas”, lê-se no documento da Sagrada Congregação dos Ritos.

A Misericórdia da Vila, como é conhecida, é uma das mais antigas da diocese de Angra, datando de 1551 ou 1552, altura em que se deu a fundação da Confraria da Misericórdia que haveria de incorporar todos os bens e obrigações da primitiva confraria do Espírito Santo.

Foi também nessa época que a Misericórdia, depois de ter a funcionar o hospital, construiu a sua Capela, naquele que é o principal complexo arquitectónico de Vila Franca do Campo – igreja, hospital, consistório e farmácia – o coração da Santa Casa, onde se tratavam os doentes e se administrava a Irmandade.

Esperadas 20 mil pessoas para o Festival da Povoação que arranca amanhã com Matay

Festival Povoação 2018A Associação de Juventude do Concelho da Povoação está à espera de 20 mil pessoas para os três dias de Festival da Povoação by Nissan, que tem o seu arranque amanhã, dia 16 de Agosto, com Matay, artista principal da noite, cantor dos êxitos “O que tu dás” e “Dizer que não”, um acontecimento anual que pretende abranger um público dos 8 aos 80 anos.

Em conferência de imprensa, João Paulo Ávila, Presidente da Direcção da Associação de Juventude do Concelho da Povoação (AJCP), entidade organizadora do evento, afirmou que “para este ano está a ser preparada mais uma edição que ficará na lembrança de todos. O concelho da Povoação é o primeiro povoado da ilha de São Miguel e nós queremos manter e afirmar este conceito. É notória a nossa aposta na temática dos descobrimentos e é este o caminho que queremos continuar a seguir”. 

O Festival da Povoação está inserido numa plataforma europeia de festivais de música, tendo sido, pelo 2º ano, reconhecido com o selo de qualidade EFFE label. “É uma grande responsabilidade mas também uma grande motivação porque sabemos que assim se alarga a dimensão deste festival e se dá maior destaque a este concelho e a esta região. Sempre foi nosso desejo e ambição que este festival fosse, também, um veículo promotor da nossa oferta turística e temos conseguido”, explicou João Paulo Ávila. 

O Festival da Povoação by Nissan 2018 volta a trazer artistas internacionais, nacionais e regionais, abrindo com o fado junto à igreja de Nossa Senhora do Rosário. Já no palco da festa marcarão presença Matay e Dj Nikon e ainda foi garantida uma surpresa para o final da primeira noite.

No dia a seguir, dia 17, os HMB, a melhor banda nacional, como comprova o Globo de Ouro recebido neste ano de 2018 e a dupla de DJ Russa Matisse & Sadko, uma dupla de DJ habituada aos melhores palcos de festivais de música electrónica do mundo farão a animação da noite.

No Sábado, dia 18, a Povoação terá, muito provavelmente, o concerto, do ano, mais aguardado nos Açores. “Teremos a artista brasileira Ludmilla, nesta que é a sua primeira vinda aos Açores e segunda a Portugal. E teremos também Will Sparks que, não temos dúvidas, será o melhor concerto de DJ nos Açores deste ano”, afirmou o Presidente da Associação de Juventude do Concelho da Povoação.

O fadista Mário Fernandes, Unknown Band, Romeu Bairos & os BILF à Regional, Dirty Drum Beats, João Moniz & The Daydreamers e Diogo Amaral serão os artistas regionais que “nós propomos para este ano. Propomos com orgulho redobrado, já que são, na sua maioria, artistas de grande qualidade que merece ser realçada e valorizada”, adiantou João Paulo.

Para esta edição, a organização continua a preparar uma série de melhorias, quer ao nível de campismo, quer ao nível de actividades durante os três dias, fazendo com que este acontecimento seja, cada vez mais, uma semana de actividades e não só três noites de festa.

Por isso, “teremos duas zonas destinadas ao campismo, todas elas com as condições exigíveis para um melhor conforto dos mesmos, oferecendo, para além do habitual, zonas de refeições e pontos para carregamento de telemóveis”, disse João Paulo Ávila. E acrescentou: “Durante os três dias, para além de actividades desportivas, estamos a preparar um contacto entre os festivaleiros e alguns figurantes que representarão o tempo do desembarque. É nosso objectivo que todos percebam porque associamos o Festival aos descobrimentos, porque a nossa mascote é uma maçaroca e porque o nosso slogan é Bom C’mó Milho!”.

Recorde-se que a 1ª edição do Festival da Povoação “aconteceu há 24 anos, quando só em outras ilhas se apostavam em festas de Verão nos Açores. Foi por aqui que entraram os primeiros povoadores desta ilha e foi por aqui que começaram também os Festivais de Verão desta ilha. Por isso mesmo, foi aqui, que ao longo dos anos temos tido a honra e o privilégio de podermos ter junto de nós os melhores artistas que a actualidade nos foi dando ao longo dos anos. E é nisso que continuamos a apostar”, garantiu o actual Presidente da AJCP.

Portugal “pedalou” pela Associação de Paralisia Cerebral de São Miguel

Pedalar por uma causaA Associação de Paralisia Cerebral de São Miguel foi uma das instituições para as quais reverteu o valor angariado na iniciativa “Pedalar por uma Causa”, que decorreu em várias cidades do país.

No total, Portugal pedalou 2 528,5 quilómetros nesta acção solidária da Rubis Gás, no âmbito do patrocínio da Camisola Verde da Volta a Portugal em bicicleta, valor que será agora convertido em euros e reverterá também para o Centro de Acolhimento Temporário de Tercena, a GASTagus, além da associação açoriana.

Em cada etapa da Volta a Portugal, na Feira da Animação das Chegadas, havia uma estrutura com bicicletas no espaço Rubis Gás para todos os que quisessem contribuir para esta causa.

Pelo segundo ano, Portugal demonstrou a sua veia solidária e pedalou 2528,5 quilómetros. Cada quilómetro equivalia a cinco euros doados, o que perfazia 12.624,5 euros, porém, a Rubis Gás decidiu arredondar o valor para 19.500 euros, o mesmo que doou no ano passado. O valor será, assim, repartido pelas três instituições.

Durante a Volta a Portugal, milhares de pessoas passaram pelo stand da Rubis Gás com o intuito de “Pedalar por uma Causa”, contribuindo para o sucesso desta iniciativa. 

Fafe foi a cidade que mais contribuiu, com 340,6 quilómetros pedalados.

Este é, também, o terceiro ano consecutivo em que a Rubis Gás patrocina a Camisola Verde da Volta a Portugal, que, pelo segundo ano, foi para o espanhol Vicente Garcia de Mateos, da Aviludo-Louletano, com 155 pontos.

Recorde-se que a 80.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta começou no dia 1 de Agosto, em Setúbal, e terminou em Fafe, com o espanhol Raul Alarcón (W52-FC Porto) a sagrar-se vencedor da prova.

Monte Verde Festival pioneiro no país no carregamento online de pulseiras

Monte Verde Festival - públicoDepois de ser um dos primeiros festivais em Portugal a utilizar um sistema 100% cashless, o Monte Verde Festival, na Ribeira Grande, torna-se agora o primeiro festival a nível nacional a permitir o carregamento de pulseiras online.

Numa parceria com a empresa Glownet, a inovação “faz com que o público possa entrar no festival já com a sua pulseira carregada, facilitando ainda mais o processo de compra”, explica a organização do Monte Verde, em comunicado. Os carregamentos poderão ser feitos através do site monteverdefestival.com até ao dia 7 de Agosto.  

“Tendo em conta a responsabilidade ambiental que o festival possui, esta iniciativa insere-se também no programa Sê-lo Verde, um programa onde são implementadas medidas como a desmaterialização de todos os pagamentos através da implementação do sistema cashless e a utilização de copos reutilizáveis e biodegradáveis que estimulam a redução e reciclagem, encorajando uma maior consciencialização da gestão de recursos”, explica a mesma fonte.

A venda de passes gerais a 33€ +5€ com campismo bem como os bilhetes diários a 21€ continua a decorrer.

Recorde-se que o Monte Verde Festival decorre de 9 a 11 de Agosto, na Ribeira Grande, com James, James Arthur, The Hives, Vini Vici e Blaya entre os artistas em destaque no cartaz.