Vila Franca do Campo volta a acolher cortejo dos Reis Magos no próximo Sábado

Reis magos - cortejo VFC

O concelho de Vila Franca do Campo volta a acolher, no próximo sábado, 6 de Janeiro, pelas 20h30, o tradicional Cortejo dos Reis Magos.

Segundo é avançado em nota da autarquia vilafranquense, cerca de 50 figurantes vão desfilar pelas artérias principais da Vila, “a pé e a cavalo, num percurso que se estende da freguesia da Ribeira Seca até ao centro histórico da Vila, onde, na Praça do Município, se vai desenrolar a peça de teatro popular que recria, em dois momentos, a visita dos Reis Magos ao Rei Herodes e ao Menino Jesus”.

O cortejo dos Reis Magos leva, deste modo, à cena “personagens bíblicas e históricas, onde pontuam a sagrada família, a corte do rei Herodes, anjos, pastores e soldados romanos”.

Trata-se de uma iniciativa organizada pela Associação de Jovens Unidos da Ribeira Seca, com o apoio do município de Vila Franca do Campo, da Junta de Freguesia da Ribeira Seca, da Junta de Freguesia de São Miguel, e, ainda, do Agrupamento de Escuteiros 767, de Ponta Garça, e do Agrupamento de Escuteiros 436, de Vila Franca do Campo.

Ainda de acordo com a mesma nota, no dia seguinte, domingo, 7 de Janeiro, a Igreja Matriz de Vila Franca do Campo vai acolher um concerto de Ano Novo, interpretado pelo Grupo Coral de São José.

 

Montanha do Pico acolhe concerto de gaita de foles

picoO ponto mais alto de Portugal, a montanha da ilha do Pico, vai receber um concerto de gaita de foles no próximo dia 13 de Janeiro, com o músico Ross OC Jennings.

Trata-se de uma iniciativa integrada no Montanha Pico Festival, que decorre durante todo o mês de Janeiro com performances, caminhadas e encontros temáticos, numa organização da associação MiratecArts. Ao todo, 90 artistas vão espalhar-se por vários pontos da ilha. No dia 13, acontece a já tradicional subida ao topo do Pico, este ano com gaiteiros, que irão actuar no final da caminhada. Para fazer parte da caminhada, é necessário fazer uma inscrição através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

Ross OC Jennings, conhecido como “the first piper”, é um conceituado gaiteiro que pretende conseguir o recorde mundial do livro do Guiness como a pessoa que levou a gaita de foles a mais cantos do mundo — para já, esteve em 60 países — e vai estar no Montanha Pico Festival pela primeira vez.

Greve no transporte marítimo nos Açores entre amanhã e 18 de Janeiro

atlanticoline graciosaOs trabalhadores sindicalizados da operadora marítima Atlânticoline vão estar em greve entre as 00 horas de amanhã e as 24 horas do dia 18 de Janeiro.

A empresa Atlânticoline, que lamentou “o transtorno que esta situação possa causar”, garante que os serviços mínimos diários vão ser assegurados, por determinação do Tribunal Arbitral, datada de 29 de Dezembro, “para a satisfação de necessidades sociais impreteríveis de mobilidade, nomeadamente para efeitos laborais, de saúde e escolares/académicos”.

Segundo informou a empresa pública de transportes marítimos, o horário para assegurar os serviços mínimos será o seguinte: 

Linha Azul 

Horta/ Madalena – 1 viagem às 07h30 - Madalena/ Horta – 1 viagem às 08h15;

Horta/ Madalena – 1 viagem às 17h15 - Madalena/ Horta – 1 viagem às 18h00.

Linha Verde

Horta/ Madalena – 1 viagem às 09h00 – Madalena/ Velas -1 viagem às 09h40;

Velas/ Madalena – 1 viagem às 11h20 – Madalena/ Horta – 1 viagem às 12h55.

“Os serviços mínimos fixados prevêem ainda que serão assegurados os serviços em caso de emergência ou perigo iminente e os que se revelam necessários à segurança das embarcações e instalações, nomeadamente os que visem assegurar os serviços relativos às operações em terra e no mar necessárias à realização das operações de transporte por situações de emergência (urgências hospitalares, intempérie, naufrágio ou outra situação de força maior, entre as ilhas do Faial, Pico e São Jorge)”, explica a Atlânticoline.

Não sendo possível antecipadamente assegurar que as restantes viagens programadas irão ser realizadas, a Atlânticoline informa que os portadores de bilhetes fora das viagens afectas aos serviços mínimos poderão pedir a alteração das respectivas datas/horários, ou, em alternativa, pedir o reembolso integral do bilhete.

Faróis dos Açores receberam mais de 11 mil visitantes em 2017

Farol do Arnel - NordesteOs 28 faróis portugueses abertos ao público no continente, Madeira e Açores contabilizaram quase 74 mil visitantes em 2017, quando em 2016 o número tinha rondado os 64,5 mil, ou seja, uma subida de mais de 9 mil visitas.

No topo das preferências, de acordo com o site da Associação dos Portos de Portugal, está o Farol da Ponta do Pargo, na Madeira, que registou 14.232 visitantes no ano findo. O segundo e terceiro faróis portugueses mais visitados situam-se no continente e são o Farol de Aveiro e o Farol de Santa Maria, que registaram 9.723 e 7.056 visitantes, respectivamente.

No continente, os 15 faróis abertos ao público registaram 41.738 visitantes. Na Madeira, os dois faróis abertos ao público totalizaram 20.857 visitantes, enquanto nos Açores os 11 faróis abertos ao público foram visitados por 11.297 pessoas.

Os faróis sempre foram um local de fascínio para as populações e para os turistas, quer pela ideia mística do seu isolamento, quer pelo riquíssimo património arquitectónico e cientifico que lhe está associado.

Reconhecendo este interesse, consubstanciado nos milhares de pedidos de visitas que anualmente chegavam à Direcção de Faróis, e inserido na política de divulgação da história, património e actividade dos faróis e faroleiros, foi implementado um projecto-piloto de abertura de alguns faróis ao público, iniciativa que teve o seu início em 2011.

PSP coloca vários radares nas estradas açorianas sob o mote “Quem o avisa...”

pspNo arranque do novo ano, a Polícia de Segurança Pública (PSP) volta a divulgar, através do seu site e também das redes sociais, os locais dos radares fixos nos distritos do continente, Açores e Madeira, no decorrer da campanha “Quem o avisa...”, controlando os automobilistas, principalmente, quanto ao excesso de velocidade.

A campanha “Quem o avisa...” permite ainda alertar os condutores para outras medidas de fiscalização, como falar ao telemóvel e prática de manobras perigosas, de forma a sensibilizar os condutores para a importância de uma condução mais segura.

Nunca é demais lembrar que, embora os condutores tenham acesso à lista de radares, isso não implica que a PSP não coloque outros radares não identificados.

Assim, nos Açores os radares estarão distribuídos da seguinte forma:

05-jan-18 08H00 Estrada Príncipe Alberto do Mónaco - Freguesia das Angústias - Ilha do Faial

10-jan-17 06H45 Av. Alberto I Príncipe do Mónaco - freguesia de S. Pedro - Ponta Delgada

13-jan-17 06H45 Av. Alberto I Príncipe do Mónaco - freguesia de S. Pedro - Ponta Delgada

16-jan-18 16H00 Variante - Freguesia da Feteira - Ilha do Faial - Horta

22-jan-18 06H45 Estrada Regional n.º 1 de 1.ª, lugar da Atalaia freguesia da Ribeirinha, concelho de Angra do Heroísmo.