CAGPD conquista 4 pódios no Open Internacional da Bulgária

PODIO RUI CANSADO

Cerca de 600 ginastas de 23 países estiveram presentes na Taça do Mundo e Open Internacional de Plovdiv na Bulgária. Os ginastas do Clube de Actividades Gímnicas de Ponta Delgada voltaram a brilhar ao alcançar 2 medalhas de ouro e duas de prata. 

Tomás Amaral, campeão mundial do escalão juvenil, mostra novamente superioridade e classifica-se em 1º deixando a Rússia e a Roménia nos lugares seguintes do pódio. 

Rui Cansado (5º mundial no escalão júnior) também ganha a medalha de ouro com uma prestação de excelente nível técnico. Roménia e Ucrânia alcançam a medalha de prata e bronze. 

Na categoria Par Misto, Leonor Januário e Tomás Amaral obtêm a prata ficando a apenas 0, 3 pontos dos vencedores russos. Em 3º Roménia, em 4º outro Par Russo e em 5º o Par Misto da Bulgária que se mostrava como favorito por competir “em casa”. 

Rui Cansado sobe novamente ao pódio juntamente com a ginasta de Águeda Rita Gomes na categoria Par Misto. Ganham a Ucrânia e a Roménia ocupa o 3º lugar do pódio. 

Maria Correia, Filipa Leite, Cláudia Pinheiro e Leonor Januário classificam-se na 1ª metade da tabela em Individual Feminino com a Rússia a liderar a competição em todos os escalões etários.

 

Sara Silva é 9ª do Ranking Mundial

 

Sara Silva consegue o apuramento para a final da Taça do Mundo da Bulgária e obtem o 8º lugar na categoria de individual feminino. A prova é ganha pela Japonesa Riri detentora do nº 1 do ranking Mundial, seguida pela Rússia e Bulgária. Com os pontos ganhos Sara Silva acaba o ranking da Federação Internacional de Ginástica de 2018 como 1ª portuguesa da actualidade e 9ª do ranking Mundial. No top 10 Mundial apenas encontram-se ginastas do Japão (1), Bulgária (2), Rússia (3), Espanha (1), Perú (1), Portugal (1) e Brasil (1).

Arquipélago acolhe actividades no âmbito do I Encontro Literário “Açores - Arquipélago de Escritores”

arquipélago centroO Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas acolhe, no âmbito da sua programação para Novembro, várias atividades integradas no I Encontro Literário “Açores – Arquipélago de Escritores”, além de exposições, uma residência artística e diversas iniciativas do serviço educativo.

No âmbito deste Encontro Literário, ao qual o Arquipélago se associa, decorrem várias actividades, a 16 de Novembro, com o Serviço Educativo a promover, pelas 10h00, a visita-oficina “Personagens animadas”.

No mesmo dia, a partir das 18h30, na ‘Black Box’, decorre a conversa “A Multiplicação de Distopias é uma Forma de Distopia”, com Afonso Cruz, Sandro William Junqueira, Paula de Sousa Lima, David Machado e João de Melo, enquanto no dia seguinte, pelas 17h30, também na ‘Black Box’, tem lugar uma homenagem ao escritor Emanuel Jorge Botelho.

Durante o mês de Novembro podem igualmente ser visitados no Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas dois projetos expositivos e uma peça de arquitetura escultórica.

Assim, o 2.º Ciclo Expositivo do “Geometria Sónica” apresenta os projetos artísticos das duplas Miguel Leal/Pedro Tudela e Mike Cooter/Tomás Cunha Ferreira, desenvolvidos em Residência Artística, e uma nova selecção de vídeos do Arquivo Audiovisual da RTP, que remetem para o universo açoriano.

Na sala do Serviço Educativo está patente a exposição “Serviço Educativo 2015 – 2018”, que apresenta ao público uma seleção de trabalhos criados e produzidos no âmbito dos vários projectos desenvolvidos por este serviço.

Durante o mês de Novembro pode também ser visitado, no pátio central do Arquipélago, o projecto “Landmark”, resultado da Residência Artística do arquiteto Joaquim Oliveira, promovida pela Direcção Regional da Cultura e intitulada “O Património como fonte de inspiração”, no âmbito do Ano Europeu do Património Cultural.

A artista canarina Idaira del Castillo, seleccionada no âmbito do protocolo assinado entre a Direcção Regional da Cultura, através do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, e o Centro de Arte La Regenta, nas Canárias, que proporciona o intercâmbio de artistas destes dois arquipélagos da Macaronésia, estará em Residência Artística neste Centro de Artes até 30 de Novembro. A 25 de Novembro, pelas 15h00, o Serviço Educativo promove a actividade especial “Último domingo de cada mês”, destinada a crianças entre os 6 e os 12 anos.

Bombeiros dos Açores no Campeonato Mundial de Trauma em África do Sul

Bombeiros COROs Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória, da ilha Terceira, estão a participar, desde o passado dia 21 de Outubro, no Campeonato Mundial de Trauma, designado de “World Rescue Challenge”, que se realiza em Samro, em África do Sul, em representação de Portugal.

Recorde-se que a equipa açoriana, composta por dois elementos e um treinador, ficou em quarto lugar da geral no Campeonato Regional de Trauma que se realizou em Junho, em Ponte de Sor, ficando assim apurada para participar na competição a nível mundial.

Desde 2015 que a equipa de Trauma dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória tem participado nos campeonatos regionais e nacionais de Trauma. Também já participaram no World Rescue Challenge realizado em 2016 no Brasil.

Menos 982 desempregados registados em Setembro face a 2017

desemprego2Em Setembro, o número de desempregados nas Agências para a Qualificação e Emprego dos Açores era de 7722, representando 2,3% do desemprego registado em Portugal.

Os dados foram divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e apontam para uma redução de 982 desempregados (-11,3%) face ao período homólogo de 2017 e menos 176 desempregados (-2,2%), face a Agosto deste ano.

De acordo com o IEFP, em Setembro passado registaram-se 83 ofertas de emprego, menos 34 face ao mês homólogo do ano passado, altura em que se registaram 117 ofertas de emprego nos Açores. Houve também uma diminuição de ofertas, face a Agosto passado (-14).

Ainda em Setembro e em comparação com o período homólogo, registou-se um aumento de quase 20,7% nas colocações de emprego nos Açores, com 134 respostas a ofertas de trabalho. Em Agosto de 2018, o número foi de 125.

Para o Governo Regional, os dados confirmam a “diminuição do número de desempregados e o crescimento contínuo e sustentado do emprego” na Região.

“A descida de 11,3% por cento em Setembro deste ano, face ao período homólogo, configura um novo mínimo em sete anos e significa que a política do Governo dos Açores, assente no incremento do investimento público e privado, no crescimento da actividade económica e na criação de mais e melhor emprego, tem resultado”, disse a Directora Regional do Emprego e Qualificação Profissional, à margem de uma sessão de divulgação dos programas de apoio à contratação, na Graciosa.

Paula Andrade acrescentou que, no caso da ilha Graciosa, “o número de desempregados diminuiu 2,1% em Setembro comparativamente ao período homólogo” e, sobre o aumento de cerca de 21% no número de colocações, a Directora Regional salientou que “esta tendência a nível regional também se verificou na Graciosa.

“As intervenções formativas e as medidas promovidas pelo Governo dos Açores, destinadas aos desempregados, têm permitido o aumento de qualificações e competências contribuindo para que cada vez mais açorianos consigam integrar o mercado de trabalho”, frisou.

Bispo de Angra vê na Jornada Diocesana uma oportunidade para discutir caminhos conjuntos de comunicação

bispo de angre balanço ano pastoralO bispo de Angra diz que o momento actual constitui uma oportunidade para a igreja propor à sociedade uma reflexão sobre como os media podem comunicar histórias concretas, com  verdade e a esperança, tema da IV Jornada diocesana de Comunicação que se realiza amanhã, dia 26 de Outubro, no Centro Pastoral Pio XII em Ponta Delgada.

“É um debate muito oportuno na nossa sociedade e sobretudo para aqueles que todos os dias têm que comunicar nos meios de comunicação social é certamente um momento de grande partilha” afirmou D. João Lavrador ao programa de Rádio Igreja Açores.

“Hoje numa sociedade que põe em causa a verdade e se assume como uma sociedade da pós verdade”, refere o prelado diocesano, é “muito importante e muito exigente discutir este tema” que é “para nós e julgo que para todos de uma grande interpelação”.

A jornada diocesana da Comunicação Social da diocese de Angra tem como tema “Comunicar periferias, verdade e esperança” e é aberta ao público em geral.

“Gostaria que juntos pudéssemos encontrar os caminhos de uma melhor comunicação”.

A iniciativa, promovida em conjunto com o Instituto Católico de Cultura, decorrerá no Centro Pastoral Pio XII, em Ponta Delgada, tem por objectivo partilhar experiências entre profissionais dos media de inspiração cristã e profissionais da comunicação social generalista procurando debater os desafios que se colocam ao jornalismo de inspiração cristã e, consequentemente, a sua responsabilidade para com as periferias, a verdade e a esperança.

O programa de trabalhos começa às 10h00 com a presença do bispo de Angra, D. João Lavrador e do director do Serviço Diocesano da Pastoral das Comunicações Sociais, cónego Ricardo Henriques seguindo-se uma conferência de Yago de la Cierva, jornalista e professor na Pontifícia Universidade de Santa Cruz, em Roma, especialista em comunicação de crise. “Cómo hablar de la Iglesia en tiempo de crisis: sugerencias para comunicadores católicos” será o primeiro tema em debate.

Após a conferência realiza-se mesa redonda para debater a formação dos jornalistas para esta necessidade de comunicar com verdade, rigor e esperança, com Pedro Gil, director do Gabinete de Comunicação da Prelatura do  Opus Dei em Portugal, o padre Paulo Terroso, director do Gabinete de Comunicação da Arquidiocese de Braga, Eduardo Cintra Torres, professor da Universidade Católica e colunista do «Correio da Manhã» e Paulo Jorge Menezes, professor da Universidade dos Açores, lê-se no programa.

Da parte da tarde haverá dois painéis nos quais se contará com os testemunhos de jornalistas de diferentes órgãos de comunicação social generalista que cobrem a agenda religiosa e responsáveis editoriais de grupos de comunicação.

Será também exibida uma gravação de uma mesa redonda que juntará um grupo de jornalistas nacionais especializados em assuntos religiosos: António Marujo, do blog Religionline; Joaquim Franco da SIC; Aura Miguel da Rádio Renascença e João Francisco Gomes do Observador que vão dar um testemunho sobre o seu trabalho.