Romeiros de S. Miguel avaliaram ano pastoral e recolhem sugestões para o próximo ano

romeiros1A Direcção da Associação Movimento de Romeiros de São Miguel terminou ontem uma série de reuniões com os responsáveis pelos ranchos da ilha com vista à avaliação das romarias quaresmais deste ano bem como do seu plano pastoral.

As reuniões que visaram debater em todas as ouvidorias as “actividades do movimento, partilhar soluções, opiniões e sugestões” constituem “mais um momento de unificação, planificação e estruturação para vivenciar o presente e orientar o futuro” do movimento destaca a nota enviada a todos os ranchos, tendo começado no passado dia 15 de Maio e terminaram ontem no salão paroquial de Santa Bárbara, na ouvidoria das Capelas.

“Temos procurado fazer uma avaliação, ainda que de uma maneira muito informal, com todos os responsáveis e tem corrido tudo bem” disse ao Igreja Açores o presidente da Associação, João Carlos Leite.

Além desta avaliação, os romeiros estão igualmente apostados na elaboração do seu novo plano pastoral que terá em linha de conta as grandes orientações diocesanas de pastoral que hão-de ser conhecidas no final de mês de Julho.

Vasco Cordeiro manifesta pesar pelo falecimento de António Cordeiro

antonio cordeiro 02O Partido Socialista dos Açores manifesta profundo pesar pelo falecimento de António Cordeiro, militante que, nas diversas funções que desempenhou, sempre norteou a sua acção pelo serviço à causa pública e ao desenvolvimento da sua terra.

“Em meu nome pessoal e em nome do PS/Açores, manifesto o reconhecimento público pelo percurso partidário e político de António Cordeiro, assim como pelo seu empenho cívico, nomeadamente, ao nível do trabalho social que desenvolveu no concelho de Vila Franca do Campo, expressando as sentidas condolências a toda a sua família”, afirmou o Presidente do PS/Açores.

Segundo Vasco Cordeiro, António Cordeiro “encarnou bem os valores do Partido Socialista, ao bater-se, no âmbito das suas funções como autarca e como deputado, por uma sociedade mais justa e solidária e pelo progresso sua terra”.

Militante do PS desde Setembro de 1983, António Cordeiro foi o primeiro Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo eleito, em 2009, pelo Partido Socialista.

O seu contributo cívico não se esgotou nas funções autárquicas, já que, durante mais de uma década, desempenhou o cargo de Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo

António Cordeiro cumpriu ainda o seu mandato de deputado do Grupo Parlamentar do PS/A à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, na IV Legislatura, entre 1988 e 1990.

Médico de profissão, António Cordeiro exerceu também a sua actividade profissional como pediatra no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada.?

XV edição do Santa Maria Blues com aposta em cartaz internacional

SpookymanA Associação Escravos da Cadeínha realiza mais um Festival “Santa Maria Blues”, nos dias 12, 13 e 14 de Julho, no Lugar dos Anjos, em Santa Maria. 

Trata-se da décima quinta edição do evento, considerado o maior festival de blues ao ar livre em Portugal, que ao longo dos anos “tem vindo a registar um acréscimo significativo de público”, frisa a organização.

A Associação Escravos da Cadeínha apostou, este ano, num cartaz internacional, com artistas vindos da Holanda, Itália, Brasil, Canadá e Estados Unidos, a par  de artistas nacionais e regionais. Subirão ao palco duas bandas na quinta-feira, primeiro dia do festival, e três bandas em cada um dos restantes dias.

Assim, a representar o blues europeu, o festival contará com os Ragtime Rumours,  que em 2017 foram eleitos a melhor banda de blues na Holanda e já este ano venceram o European Blues Challenge. 

De Itália, vem o Spookyman, um projecto de “one man band”, com influências Delta. Da ilha de São Miguel, actuam no Santa Maria Blues os Booze, um projecto que desde 2009 vem amadurecendo e encantando.

A organização leva ainda a Santa Maria os brasileiros Alexandre da Mata & The Black Dogs, com credenciais elevadas no seu país e já fora dele. 

Já dos Estados Unidos da América, mais propriamente de Mississipi, virão Zac Harmon e Pat “mother blues” Cohen, “que contam com muitos prémios, reconhecimento mundial, muita experiência de palco baseada em soul gospel, R&B, com enormes vozes e músicos de alta qualidade a acompanhá-los”, sublinha a organização. 

Do Canadá, virá ao festival a vencedora “em título” do International Blues Challenge 2017, Dawn Tyler Watson, que com Ben Racine e sua banda em octeto com secção de metais, vai colorir a noite de requinte e festa. 

Para terminar o festival, vindo de Memphis, Tenessee, irá actuar Eric Gales, “exímio executante do Blues Rock” e considerado “um dos melhores, se não o melhor guitarrista do mundo, segundo as palavras de Joe Bonamassa”.

Todas as noites do festival serão encerradas pelos DJs Tape (SMG), Sérgio Figueiredo (SMA) e DJ’s Improváveis (AZO)

Em comunicado, a associação organizadora realça o retorno económico que a realização deste festival traz para a ilha de Santa Maria, “comprovado pelos depoimentos e opiniões recebidas dos diversos empresários da ilha, principalmente das empresas ligadas ao sector do turismo na ilha, tais como restaurantes, hotéis, rent-a-cars e comércio em geral”.

Praia dos Moinhos vai ter cadeira anfíbia para pessoas com mobilidade reduzida

cadeira anfibiaA Câmara da Ribeira Grande candidatou-se ao programa Praia Saudável da Fundação Vodafone Portugal para obter uma cadeira de praia para pessoas com mobilidade reduzida, que vai permitir uma maior e melhor utilização das zonas balneares por parte de quem apresenta algum tipo de limitação e que carece de apoio para usufruir, em pleno, do contacto com o mar na época de Verão.

A cadeira, cujos trâmites do transporte do continente para a Ribeira Grande estão a ser tratados, vai ficar sediada na praia dos Moinhos, na freguesia do Porto Formoso, e a sua utilização por parte dos utentes que a requeiram contará com o apoio dos nadadores salvadores que estão de serviço no local no decorrer da época balnear, no horário entre as 11h00 e as 19h00.

O Presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, não escondeu a satisfação pelo facto do município ter sido novamente contemplado com uma cadeira anfíbia. “Foi com muita alegria que recebemos a informação que a praia dos Moinhos tinha sido contemplada com uma cadeira anfíbia”, disse.

Alexandre Gaudêncio destacou, a propósito, “o empenho que a edilidade tem colocado para criar mais condições para que todas as pessoas possam ter acesso ao usufruto das nossas zonas balneares”, lembrando que “a cadeira anfíbia já tinha sido disponibilizada na praia de Santa Bárbara e nas piscinas Viriato Madeira foi colocada uma cadeira hidráulica”.

A praia dos Moinhos ganha assim um novo impulso com a disponibilização da cadeira de praia para pessoas com mobilidade reduzida. A cadeira anfíbia permite, sem transformações ou adaptações, andar na areia ou noutro tipo de superfície e flutuar na água, proporcionando a qualquer passageiro o acesso à praia, passear junto ao mar ou banhar-se em águas calmas.

Joel Neto lança “Merediano 28” esta quinta-feira em Ponta Delgada

joel netoPonta Delgada será a primeira cidade açoriana a receber o lançamento de Meridiano 28, o novo romance de Joel Neto (Cultura Editora, Maio de 2018). 

O evento está marcado para quinta-feira, 7 de Junho (19h00), na Livraria Leya-SolMar, em Ponta Delgada, com apresentação de Vamberto Freitas.

O autor segue daí para o Triângulo, onde no dia 8, sexta-feira, tem duas apresentações. A primeira decorre à hora de almoço na Madalena do Pico (13h00, Atlântico Teahouse), no âmbito do Festival Fringe. A segunda decorre no Faial, às 18.30, no Peter Café Sport, com apresentação de Luís São Bento.

Os lançamentos açorianos encerram no dia 9, num sessão com particularidades nunca dantes verificadas nos Açores ou em Portugal. 

Serão os alunos das escolas da Terceira com terceiro ciclo do Ensino Básico (ou Ensino Secundário) a ocupar-se da apresentação da obra. 

Dezenas de alunos de sete escolas desfilarão pelo palco do Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo na noite de sábado, dia 9 (21h00), levando à cena números que vão da música às leituras e às mais variadas expressões artísticas.

A festa será complementada com duas sessões de autógrafos na Tabacaria Angra da Rua da Palha, marcadas para os dias 16 (11h00) e 23 (17h00) de Junho, de modo a satisfazer os pedidos. 

Todos os eventos são de entrada livre. 

O lançamento da Terceira deveria fechar a digressão nacional de apresentação da obra, mas o interesse suscitado por esta já levou a Agência das Letras, que se ocupa da gestão da agenda do autor, a anunciar para Setembro um novo segmento de apresentações, com passagens por Ovar, Leiria, Vila Franca de Xira e (provavelmente) Aveiro. 

Joel Neto estará ainda na Feira do Livro de Lisboa a 10 e 13 de Junho, para as duas últimas de cinco sessões de autógrafos no certame.

“Meridiano 28” já foi lançado em Lisboa, Porto, Braga, Funchal e Coimbra. Encheu salas, esgotou a primeira edição no fim-de-semana inaugural e já vem merecendo a aprovação da crítica. 

“Obra tão rica de recantos, pormenores e ritmos, Meridiano 28 encantou-me tanto nos seus universos locais e temporais, como na sua universalidade”, disse o escritor João de Melo, autor de Gente Feliz com Lágrimas. 

“Será difícil, e talvez inútil, rotulá-la quanto à sua filiação literária, tanto nos Açores como no continente. A única evidência, e sobretudo a mais natural, é a da sua pertença à grande literatura portuguesa. Ponto final”.