Biblioteca Pública de Ponta Delgada promove oficinas para os mais novos

Biblioteca Publica PDLA Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, promove, durante a terceira semana de Outubro, a realização de duas oficinas para os mais novos, ambas da autoria de Madalena Marques.

A oficina plástica e de teatro intitulada “Leonardo, o Monstro Terrível”, que tem como base a obra homónima de Mo Willems, autor e ilustrador norte-americano, decorre a 18 de Outubro, pelas 10h00 e pelas 14h00, em duas sessões dirigidas a grupos do pré-escolar (3 a 6 anos), e, a 20 de Outubro, pelas 16h00, numa sessão dirigida a pais e filhos (crianças entre os 3 e os 7 anos).

Por seu turno, a oficina plástica e de memória denominada “O meu avô”, baseada no livro com o mesmo título da autora e ilustradora portuguesa Catarina Sobral, terá lugar a 19 de Outubro, pelas 10h00 e pelas 14h00, destinando-se a grupos do 1.º Ciclo (crianças entre os 6 e os 10 anos).

Todas as sessões terão uma duração de cerca de 90 minutos e podem ser frequentadas por marcação, que deve ser feita através do telefone 296305040 ou do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

Madalena Marques concluiu o curso de Artes Performativas na Associação SOU, Movimento e Arte, bem como o Curso Europeu Museum Mediators, promovido pela Mapa das Ideias e apoiado pela Gulbenkian, tendo ainda frequentado o Mestrado em Educação Artística na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.

Ponta Delgada recebe em Março de 2019 Congresso Internacional de Antropologia

museu carlos machadoO congresso de antropologia e a urgência de debate sobre os museus, que conta com a parceria da Câmara Municipal, vai decorrer em Ponta Delgada em Março de 2019, mas as inscrições, para quem pretenda apresentar trabalhos ou assistir às aulas e palestras, já se encontram abertas. Aliás, até ao momento, estão inscritos 45 palestrantes.

Todos os interessados podem inscrever-se através do site do congresso (https://www.ihgsc.org/ciai2019) e em https://www.ihgsc.org/cciai2019inscricao.

O XXIV Congresso Internacional de Antropologia de Ibero-América vai realizar-se a 12, 13, 14 e 15 de Março de 2019, em lugar ainda a designar na cidade de Ponta Delgada, e destina-se a estudiosos, estudantes e profissionais do turismo, património e museus, bem como à comunidade académica e não-académica em geral.

Recorde-se que, na madrugada de 2 para 3 de Setembro último, um grande incêndio destruiu quase por completo o Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, antiga residência oficial dos Imperadores do Brasil. No incêndio, perdeu-se um acervo com mais de dois séculos e constituído por cerca de vinte milhões de peças.

O incêndio acabou por evidenciar vários problemas ao nível da gestão cultural, da conservação de património e das políticas públicas, no Brasil, gerando revolta e procura de respostas para estas questões um pouco por todo o mundo.

Desta forma, os museus estão entre os temas principais do XXIV Congresso Internacional de Antropologia de Ibero-América, que é promovido por importantes entidades culturais da Europa e do continente americano, como Espanha, através da Universidade de Salamanca, o Instituto de Investigações Antropológicas de Castela e Leão e a Sociedade Espanhola de Antropologia Aplicada. Em Portugal, a Câmara Municipal de Ponta Delgada e a Universidade dos Açores também estão envolvidas neste evento, o mesmo acontecendo com o Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina (Brasil).

Especialistas de vários países debaterão novos estudos museológicos, que se tornam  cada vez mais urgentes, aliados a novas experiências compartilhadas de gestão, e abordarão temas como a conjugação de esforços, o repatriamento de acervos e a questão dos novos e antigos riscos dos equipamentos culturais e patrimónios em seus países. 

Tendo como tema principal “Turismo, Museus e Património”, o congresso será mais um ponto de partida para a união de esforços sobre o que entende como museu e como se deve entender o termo no século XXI, ao abrigo da antropologia, cada vez mais inserida no dia-a-dia, na história dos bens culturais e naturais, em estreita relação com outros saberes académicos, mas também mais próxima do quotidiano das pessoas. 

O evento reunirá estudiosos, estudantes e profissionais do turismo, da economia e gestão da cultura, e tem como directores os professores doutores Angel Espina Barrio (Universidade de Salamanca e Sociedade Espanhola de Antropologia Aplicada), Luiz Nilton Corrêa (Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina), e Rui de Sousa Martins (Universidade dos Açores).

Terra Nostra Garden Hotel entre os nomeados para os Prémios Condé Nast

terra nostra hotelO Terra Nostra Garden Hotel, nas Furnas, ilha de S. Miguel, está entre os nove hotéis portugueses que foram nomeados aos Prémios de Excelência Condé Nast Johansens 2019 para o Reino Unido, Irlanda, Europa e Zona do Mediterrâneo, que serão entregues numa cerimónia no hotel The May Fair de Londres, no próximo dia 5 de Novembro. 

Estes prémios anuais reconhecem o constante trabalho dos melhores hotéis do mundo para melhorarem o mercado das viagens de luxo.

O hotel micaelense está nomeado na categoria de Readers’ Award, conjuntamente com o Parco dei Principi Grand Hotel & Spa, Lácio, Itália, e o Masseria Susafa, Sicília, Itália

Com mais de 36 anos de experiência em avaliação e recomendação de estabelecimentos internacionais, a Condé Nast Johansens é o guia de referência por excelência para os viajantes de luxo. 

Os nomeados para os Prémios de Excelência Condé Nast Johansens 2019, no que se refere a Portugal, para além do Terra Nostra, são: (Best Newcomer or Back on the Scene Hotel) Hotel Infante Sagres, Porto; (Best Serviced Accommodation)Monte Rei Golf & Country Club, Algarve; (Best for Families) Tivoli Carvoeiro, Algarve; (Best Dining Experience) The Cliff Bay Hotel, Madeira; (Best Countryside Hotel, or Lodge) Torre de Gomariz Wine & Spa Hotel, Norte de Portugal; (Best Urban Hotel) Santiago de Alfama Hotel, Lisboa; (Best for Meetings or Conferences) InterContinental Porto-Palácio das Cardosas, Porto; (Best Weddings, Parties or Special Occasions) Olissippo Lapa Palace Hotel, Lisboa.

Terra Batida em concerto no Arquipélago

arquipélago centroOs Terra Batida apresentam o àlbúm “Valver” na Blackbox do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, na próxima Sexta-feira, dia 12 de Outubro, pelas 21h30.

O grupo de Vila Nova de Famalicão está em Residência Artística nesse Centro de Artes Contemporâneas desde o passado dia 7 de Outubro, a compor os últimos temas que farão parte do seu novo álbum “Valver”,  com lançamento marcado para 2019.

Os Terra Batida lançaram o seu primeiro álbum em 2017. “Falaciosa Realidade” foi considerado, por críticos musicais da Comunidade Cultura e Arte, um dos melhores álbuns nacionais desse ano.

Agora chegam ao Arquipélagoonde, durante 5 dias de residência, e inspirados pela ilha de São Miguel, irão compor as últimas canções do seu próximo álbum, que serão apresentadas ao público, juntamente com canções do anterior “Falaciosa Realidade”, no concerto do próximo dia 12 de Outubro.

Ensino de português na Bermuda pode chegar às escolas públicas

avelino meneses e ministro bermudaO Secretário Regional da Educação e Cultura afirmou ontem, em Ponta Delgada, que há possibilidades do ensino da língua portuguesa ter um “maior ênfase” nas escolas públicas da Bermuda.

Avelino Meneses, que falava no final de um encontro com o Ministro do Desenvolvimento Social e do Desporto da Bermuda, Michael Weeks, adiantou que o português é a língua, que depois do inglês, mais vinga naquele território.

Para o Secretário Regional, esta visita do Ministro Michael Weeks a Portugal, com passagem pelos Açores, facilita o “estreitamento de relações” entre dois povos que “têm algo de comum”, já que a Bermuda acolhe há muito uma larga comunidade de emigrantes açorianos, maioritariamente oriundos de São Miguel.

O Ministro Michael Weeks chefia uma delegação da Bermuda que se encontra nos Açores até amanhã, no âmbito das relações de trabalho estabelecidas entre a Associação de Futebol de Ponta Delgada, a Federação de Futebol da Bermuda e outros agentes desportivos.