Artigos

Homem detido em Rabo de Peixe por tráfico de droga e posse de arma

Apreensão PSP - Rabo de Peixe

A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve na última quarta-feira, 8 de Janeiro, um homem de 50 anos de idade por tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida.

A detenção ocorreu na vila de Rabo de Peixe, concelho da Ribeira Grande, na sequência de buscas domiciliária. Foram apreendidos “120 comprimidos Dormicun, 49 Susutex, 25 euros, uma arma branca (faca de abertura automática) e diverso material dado como furtado noutros inquéritos”, revelou a PSP em comunicado. O detido foi presente no DIAP-Açores para aplicação das medidas de coacção.

No mesmo comunicado, a PSP dá conta da detenção de dois homens na Praia da Vitória, de 27 e 57 anos, suspeitos de furtarem habitações.

 

Baile Verde e Amarelo com bilhetes já à venda

Baile Verde e Amarelo povoação

Os bilhetes para o baile Verde e Amarelo da Povoação estão a partir de hoje à venda na Tesouraria da Câmara Municipal e na Loja Açores, das Portas do Mar, em Ponta Delgada. 

A celebrar 17 anos de existência, os bilhetes para o evento custam 5 euros e as mesas 10, com a permissão Como sempre, serão permitidos os mais variados farnéis e as crianças até aos 12 anos têm entrada gratuita.

Oceanus, Stereo Mode, o cantor popular Emanuel Silva e David Rita ficarão encarregues de animar a noite de 24 de Fevereiro, no Gimnodesportivo da Vila, um evento que promete muito divertimento naquele que é considerado o baile em São Miguel onde há “muito mais folia”. 

Os interessados em adquirir os bilhetes e as mesas terão de dirigir-se à Tesouraria da Câmara Municipal da Povoação no seguinte horário de funcionamento: de Segunda a Sexta, das 08h30 às 12h30 e das 13h00 às 15h30, ou então na Loja Açores, das Portas do Mar.

 

Homem ameaça com arma branca funcionário de supermercado na Lagoa

PSP3

A Polícia de Segurança pública (PSP) deteve no último dia 4 de Janeiro um jovem de 21 anos pelo crime de roubo.

A detenção ocorreu no concelho da Lagoa, após o jovem ter ameaçado o funcionário de um supermercado com uma arma branca e subtraído 25 euros da caixa registadora, revelou a PSP, no comunicado de actividade policial.

No mesmo comunicado, a polícia dá também conta da detenção, no dia 5 de Janeiro, por tráfico de estupefacientes, um homem de 26 anos, tendo sido apreendidas 14 doses de heroína.

Foi ainda detido, na sequência de um acidente de viação, um jovem de 18 anos, “por condução de veículo sem habilitação legal”, e um homem de 34 anos, “por posse de arma branca”. Ao longo de todo o fim-de-semana, a PSP deteve também seis condutores na ilha de São Miguel, por condução sob o efeito do álcool. Os detidos tinham idades compreendidas entre os 34 e os 60 anos de idade e apresentavam taxas de álcool no sangue entre os 1.28 e os 2.83 g/l.

Quanto à sinistralidade rodoviária,a PSP dá conta da ocorrência, no fim-de-semana, de 26 acidentes de viação, dos quais resultaram 1 ferido grave, seis ligeiros e danos materiais.

Grupo Bensaude assinala 200 anos com nova imagem

Nova imagem bensaude

O grupo Bensaude comemora este ano de 2020 os seus 200 anos, tendo iniciado actividade em 1820. Para assinalar a data apresenta-se com uma nova imagem.

Para o grupo, trata-se de “uma data rara no seio empresarial português e que deve ser comemorada com a propriedade de quem sobreviveu e se adaptou a mudanças históricas e políticas, que transformaram e moldaram a nossa Região, o nosso País, o nosso Mundo”, lê-se em comunicado.

Com raízes açorianas, e profundamente marcado pela insularidade, o Grupo Bensaude inicia a comemoração destes 200 anos com a apresentação do ‘rebranding’ da sua marca corporativa e com o lançamento de um novo filme institucional onde se poderão ver as várias áreas de actuação do grupo, assim como a sua história.

A marca projecta-se para o futuro, sob o mote “Evoluir em nome do Futuro”, demonstrando o caminho de progresso que o grupo pretende continuar a trilhar, sendo uma referência nacional e o maior grupo empresarial privado dos Açores, que emprega à data mais de três mil colaboradores. 

O Grupo conta, hoje, com cinco áreas de negócio – Distribuição, Energia, Turismo, Marítima e Logística e Serviços.

O bicentenário será marcado por várias actividades comemorativas que serão divulgadas ao longo do ano e que envolverão os colaboradores, sociedade civil e instituições privadas.

No mesmo comunicado, o Grupo Bensaude aproveita para “agradecer a todos aqueles que contribuíram para esta história de 200 anos, com especial destaque para os seus colaboradores e clientes”.

 

Governo atribui 4,6 milhões de euros para construção de Centro de Actividades Ocupacionais da Paralisia Cerebral

Cadeira de rodasO governo anunciou ontem que decidiu autorizar a celebração de um contrato de cooperação-valor investimento entre o Governo dos Açores e a Associação de Paralisia Cerebral de São Miguel, num valor até 4,6 milhões de euros, com o objetivo de assegurar o financiamento necessário à execução de obra para a construção de um Centro de Atividades Ocupacionais e de um Lar Residencial, na freguesia de São Pedro, concelho de Ponta Delgada, ilha de São Miguel, incluindo todas as despesas inerentes à preparação e execução da empreitada, bem como as despesas relativas à aquisição do equipamento necessário ao funcionamento destas respostas sociais.

“A construção do edifício do Centro de Paralisia Cerebral dos Açores visa assegurar aos portadores de paralisia cerebral e situações neurológicas afins cuidados de saúde e reabilitação amplamente reconhecidos como indispensáveis para uma boa qualidade de vida, bem como apoiar as suas famílias”, sublinha o governo.

“O programa funcional engloba a construção de um equipamento para implementação de valências distintas, nomeadamente Centro de Acompanhamento e Apoio a Pessoa com Deficiência (intervenção precoce e apoio em regime ambulatório) com capacidade futura de 50 utentes (aumento de 20 utentes), um CATL com capacidade de 10 utentes (nova valência), um CAO com capacidade para 30 utentes (aumento de 13 utentes) e ainda um Lar Residencial com capacidade para 14 + 2 utentes (descanso ao cuidador), que se constitui como uma nova valência”, conclui a nota governamental.

 

Aumento ao bombeiros

 

No mesmo comunicado, o governo anuncia que decidiu aumentar os valores mensais de pagamento do serviço de emergência médica pré-hospitalar e evacuação médica entre unidades de saúde por parte das Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários da Região em 10%.

Assim, dando cumprimento ao compromisso assumido pela Secretaria Regional da Saúde nesta legislatura, o Governo dos Açores reforça novamente os valores a pagar mensalmente para prestação deste serviço no ano de 2020.

Refira-se, a este propósito, que já se tinha verificado um aumento de 10% nesta legislatura, no ano de 2018, verificando-se, assim, um aumento global de 20% nos valores transferidos para as Associações Humanitárias de Bombeiros que prestam este serviço, onde o Governo dos Açores assumirá um investimento anual de cerca de três milhões, setecentos e vinte mil euros.

Desta forma, tendo em conta a experiência acumulada pela Região Autónoma dos Açores na implementação e gestão de um Serviço de Transporte Terrestre de Doentes em Ambulância, com suporte nas Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários existentes, tendo em atenção a evolução crescente de serviços prestados, o aumento de solicitações, a preocupação com a qualidade desta prestação e a necessidade de se proceder ao equilíbrio entre o serviço prestado e a compensação atribuída, o Governo toma esta opção de mais um reforço deste valor, conclui a nota governamental.

 

NORMA vendida à CONSULMAR

 

O Governo regional decidiu autorizar a EDA - Electricidade dos Açores, S.A. a proceder à alienação da participação social que detém na Norma Açores, Sociedade de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento Regional, S.A., pelo valor de um milhão, setecentos e setenta e cinco mil, duzentos e setenta e três euros e cinquenta cêntimos, adjudicando a proposta apresentada pelo agrupamento constituído por CONSULMAR – Projetistas e Consultores, Lda.  e CONSULMAR SGPS, S. A.

O procedimento de alienação das acções observou as regras relativas ao concurso público, tendo-se verificado a apresentação de uma proposta, assegura o governo.

Esta deliberação vai ao encontro da proposta apresentada no relatório final do júri, submetido à comissão especial de acompanhamento, que emitiu o competente parecer a respeito da regularidade, imparcialidade e transparência observadas no decorrer do procedimento e da declaração emitida pelo conselho fiscal, relativa ao cumprimento das disposições legais aplicáveis.

 

Dissolvida a Oniaçores

 

 O governo decidiu ainda autorizar a decisão da dissolução da Oniaçores-Infocomunicações, S.A.

Esta dissolução deverá ser realizada nos termos do artigo 142.º do Código das Sociedades Comerciais.

A Resolução do Conselho de Governo n.º 74/2018, de 20 de junho, definiu as regras para uma ampla reestruturação do Setor Empresarial Público Regional (SPER), nomeando um conjunto de empresas a extinguir, transmitir e alienar, bem como os respetivos regimes.

No caso concreto da Oniaçores - Infocomunicações, S.A., foi deliberado alienar a totalidade das acções detidas pelo Grupo EDA, representativas de 40% do capital social, a realizar mediante negociação particular.

Tendo sido dado início ao procedimento e, considerando que, desde o ano de 2017, a atividade da empresa diminuiu, tornando-se inexistente, os accionistas da empresa, consideraram estar reunidos os pressupostos para a dissolução da Oniaçores - Infocomunicações, S.A.

 

Neste sentido, a resolução agora aprovada em Conselho de Governo altera o procedimento definido inicialmente para a Oniaçores - Infocomunicações, S.A. de alienação por negociação particular com prévio anúncio público para a sua extinção, conclui o comunicado governamental.