Avaliação bancária para habitação baixou nos Açores

ponta delgada1Segundo o Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação do INE, o valor médio da avaliação bancária realizada no âmbito da concessão de crédito à habitação aumentou seis euros em Dezembro, face a Novembro, a nível nacional, aproximando-se do valor máximo da actual série observado em Abril de 2011 (1.156 euros/m2). 

Em relação ao mês anterior, o valor médio de avaliação para apartamentos e moradias aumentou seis e três euros, respectivamente, fixando-se nos 1.200 e 1.067 euros/m2, pela mesma ordem. 

A nível regional, as maiores subidas para o conjunto da habitação registaram-se no Norte (1,1%) e no Alentejo (1,0%). 

A única descida verificou-se na Região Autónoma dos Açores (-0,9%). 

Em comparação com o mesmo período do ano anterior, as avaliações bancárias de apartamentos e de moradias aumentaram 5,0% e 4,0%, respectivamente. A maior taxa de variação homóloga, para o conjunto das regiões, verificou-se no Algarve (8,8%).

 

Crescimento económico regista aumento de 2,4% nos Açores

Pessoas na rua - Ponta DelgadaO Indicador de Actividade Económica (IAE), que retrata o estado geral da economia, registou em Novembro, nos Açores, pelo quinto mês consecutivo, um crescimento acima dos dois por cento, reflectindo a consolidação da retoma da economia regional através da evolução contínua dos principais setores de atividade e dos dados do consumo, deu ontem conta o executivo, numa nota emitida pelo gabinete de comunicação.

O IAE, índice analisado e publicado nos Açores desde 2014, que permite acompanhar a evolução, no curto prazo, da economia regional, revela que, em novembro de 2017, a evolução foi de 2,4%, representando também um aumento em relação ao mesmo mês do ano anterior, em que o crescimento registado foi de 1,6 por cento.

Além de factores como a sazonalidade e a variação do Produto Interno Bruto (PIB) – indicador que reflete a produção de riqueza -, o cálculo do IAE divulgado pelo Serviço Regional de Estatística (SREA) considera múltiplos dados. O IAE considera, designadamente, as séries estatísticas relativas a “Leite entregue nas fábricas”, “Gado Abatido”, “Pesca Descarregada”, “Produção de Energia”, “Produção de Produtos Lácteos” e “Consumo de Energia na Indústria”. 

São também considerados os dados estatísticos referentes a “Venda de Cimento”, “Empregados na Construção Civil”, “Passageiros Desembarcados Via Aérea”, “Dormidas nos Estabelecimentos Hoteleiros”, “Empréstimos Bancários”, “Prédios Transacionados” e “Levantamentos Multibanco”. 

Novo A321 NEO da SATA começa a voar em Janeiro

novo avião neo azores airlinesO primeiro avião A321 NEO da SATA, que já se encontra em Lisboa, deverá começar a voar nas rotas da empresa já a partir de Janeiro.

De acordo com fonte da SATA, neste momento decorre o processo de certificação do avião, acompanhado pela ANAC, autoridade de aviação em Portugal, seguindo depois para os Açores.

O novo aparelho já foi trazido da Alemanha unicamente por tripulação da SATA.

Ainda segundo a nossa fonte, o segundo A321 NEO já está em construção, prevendo-se que esteja disponível para entrega ainda durante o primeiro trimestre de 2018.

 

O caso da indemnização

A RDP-Açores noticiou ontem que pediu ao Tribunal de Ponta Delgada acesso ao processo de indemnização da SATA ao Director Adjunto de Manutenção da SATA, José Pavão, mas tal foi recusado porque este e o seu advogado não autorizaram a respectiva divulgação.

A SATA, também consultada pelo Tribunal, autorizou a divulgação, com o argumento de que são dinheiros públicos. 

 

TAP com voo diário Porto-Ponta Delgada

 

A TAP, no seu calendário de Verão, vai introduzir um voo diário com partida da cidade do Porto para a cidade de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

Será um voo diário a partir de 25 de Março de 2018, em concorrência directa com a Azores Airlines e a Ryanair, segundo divulga o ‘OAG Schedules Analyser’. 

O TP 1861 sairá do Porto pelas 13h20, com chegada prevista a Ponta Delgada pelas 14h45. 

O regresso (TP1866) será às 15h35, com aterragem no Porto às 18h50 locais. 

Os voos serão realizados com aviões Airbus A319. 

A TAP Air Portugal vai retomar ainda, no Verão do próximo ano, os voos directos do Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, para os aeroportos de Barcelona/El Pratt, em Espanha, e Milão/Linate, na Itália, revelam os novos horários preliminares das companhias aéreas europeias divulgados esta semana pelo OAG Schedules Analyser. 

 

Mais portugueses nos Açores no final do ano

 

Mais portugueses vão viajar neste final do ano, a preços mais altos, mas os destinos eleitos mantêm-se face a anos anteriores, disse o presidente da APAVT, antecipando um crescimento de entre 7% a 9%.

Pedro Costa Ferreira considera que os Açores, mas também a região centro e norte, têm merecido a atenção dos portugueses na hora de escolher onde receber o novo ano. 

“Como sabemos, há novas infraestruturas importantes nessas regiões, há sinais claros de crescimento recente e esse crescimento vai-se manter ao longo deste final de ano”, explica o presidente da APAVT.

 

Revendedores de combustível dos Açores estão contra aumento de preços na Região

combustiveisOs revendedores de combustível dos Açores criticaram os mais recentes aumentos dos combustíveis nos Açores, dizendo ser uma “provocação” assente “nas variações no mercado internacional”. 

Conforme se pode ler numa nota enviada às redacções, assinada pelos revendedores Sónia Borges de Sousa, Helena Lima e Rui Cabral de Melo, “estes aumentos de combustível incidem num agravamento do poder de compra dos açorianos e dos empresários, lamentavelmente incidindo em impostos e prejudicando seriamente a economia dos Açores”.

Recorde-se que desde o passado dia 1 de Janeiro a gasolina de 95 octanas e o gasóleo rodoviário aumentaram três cêntimos, passando a custar 1,45 e 1,23 euros por litro, respectivamente.

Perante estes aumentos, os revendedores de combustíveis anunciaram que irão reunir-se ainda esta semana para debater temas como - Margens de Combustíveis, não revistas desde Janeiro de 2014; - Impacto do Aumento do Ordenado Mínimo no sector e outros custos e a Criação da Associação Açores do Sector da Revenda de Combustíveis, sendo este último tema considerado pelos revendedores em causa de bastante importância para o sector da revenda dos combustíveis, principalmente, dizem, caso queiram “se fazer representar na Europa”, uma vez que “o Governo Regional dos Açores, nada faz para o proteger”, garantem.

 

McDonald’s abre segundo espaço em Ponta Delgada

McDonads1A McDonald’s reforçou a sua presença nos Açores com a inauguração, ontem, do segundo restaurante na ilha de S. Miguel, localizado no centro comercial Parque Atlântico, em Ponta Delgada. 

Localizado no piso 1 da restauração, o novo espaço “vem reforçar a oferta do centro comercial Parque Atlântico. Constituído por uma equipa de 35 colaboradores, sendo a totalidade dos elementos da equipa provenientes da região, apoiando e reforçando a estrutura do emprego local, este novo espaço está aberto, diariamente, das 10h00 às 23h00”, lê-se em nota de imprensa.

Gerido por Miguel Ferreira, franquiado da McDonald’s há 22 anos e responsável pelos restaurantes da marca na Região Autónoma dos Açores e na Região Autónoma da Madeira, o restaurante McDonald’s Parque Atlântico pretende “continuar a corresponder às expectativas dos consumidores, sempre com o compromisso de proporcionar, diariamente, a melhor experiência de restauração de serviço rápido. Uma experiência que é feita através de uma oferta diversificada de produtos da mais elevada qualidade, confeccionados segundo rigorosos procedimentos de segurança alimentar e da prestação de um serviço simpático e eficiente”, refere a mesma nota.