Edit Template

Bispo de Stockton vai presidir às Festas do Santo Cristo e capa é oferecida por família de Santa Bárbara

O reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo apelou ontem à participação de todos nas festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres que decorrem em Ponta Delgada de 1 a 9 de Maio, com particular destaque para o fim de semana entre 3 e 5 de Maio, cujas celebrações serão presididas pelo bispo de Stockton, D. Myron Cotta, descendente de açorianos, segundo o sítio Igreja Açores (com fotos de Pedro Monteiro).
“A Igreja é para todos” e por isso, “todos são convidados a participar na festa, todos são chamados a prestar a sua homenagem ao Senhor Santo Cristo dos Milagres, porque importa que todos caminhemos juntos e com empenho na construção de um mundo melhor”, disse o reitor, cónego Manuel Carlos Alves na conferência de imprensa que decorreu ontem no coro alto a Igreja do Convento da Esperança.
O sacerdote, que é reitor desde Setembro do ano passado, lembrou que esta festa é “uma oportunidade para os devotos cumprirem as suas promessas” e pediu respeito por quem aproveita este momento para estas práticas que, não sendo estimuladas nem encorajadas pela Igreja, devem ser respeitadas.
“Que cada um preste auxílio possível a essas pessoas nessas circunstâncias e sobretudo manifeste respeito. Aprendamos a não julgar ninguém” disse o cónego Manuel Carlos Alves, que pediu ainda “contenção no consumo” e “respeito pelo ambiente” de oração que se gera em volta do Campo de São Francisco bem como o acatamento das orientações de segurança das autoridades.
“A segurança das pessoas é um bem que nos deve preocupar a todos. Será inevitável surgirem momentos de tensão e cada um deve usar as melhores qualidades humanas para ultrapassar as dificuldades e contribuir para que todos tenham uma festa feliz e memorável” disse ainda.
As festas serão presididas por D. Myron Cotta, bispo católico de Stokcton, na Califórnia, filho de pais açorianos mas já nascido nos Estados Unidos, presidência “que muito honra este Santuário, a Diocese de Angra e as comunidades açorianas da diáspora, sempre profundamente ligadas e reconhecidas ao Senhor Santo Cristo dos Milagres, comunidades que aproveitamos para saudar, convidar e acolher”.
O prelado foi nomeado em 2014 tendo sido colocado em Fresno.
A Diocese de Stockton, onde está desde 2018, abarca os condados de San Joaquin, Stanislaus, Calaveras, Tuolumne, Mono e Alpine, com uma população católica de mais de 300 mil pessoas.

Bispo conhecedor dos costumes dos açorianos

D. Myron Cotta é, de resto, um profundo conhecedor dos costumes e tradições das comunidades açorianas, tendo já participado em muitas das grandes festas da Califórnia como são Gustine, Turlock, Thornton, Hilmar e outras, informa uma nota enviada ao Igreja Açores.
O novo prelado nasceu no dia 21 de Março de 1953, em Dos Palos, condado de Merced, Califórnia. Os seus ascendentes são naturais da freguesia das Cinco Ribeiras, ilha Terceira, Açores.
Concluiu os seus estudos no Seminário Saint John, Camarillo, em 1987, sendo ordenado presbítero, da Diocese de Fresno, em 12 de setembro desse ano. Foi vigário em Atwater, entre 1987 e 1989, data em que foi para administrador do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Laton, até 1992.
Entre 1992 e 1999, Myron Cotta foi pároco da Igreja de Nossa Senhora dos Milagres de Gustine, desempenhando o seu cargo sacerdotal em boa comunhão com os seus paroquianos. Esta Igreja foi elevada a Santuário no ano de 2008.
No ano de 2014 foi nomeado bispo auxiliar de Sacramento, também na Califórnia, posição que ocupou por mais de 3 anos.
É o 20º bispo de origem açoriana nos EUA, embora ao contrário dos restantes já tenha nascido em solo norte-americano.

Capa oferecida por família de Sta. Bárbara

A capa que irá vestir a Imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres este ano, na festa de 2024, será a capa 39, a última a chegar ao Convento, já este mês de Abril, e que foi oferecida por Rita Sofia Rebelo Pavão, a sua mãe Teresa e pela tia-avó, Helena Batista, todas naturais de Santa Bárbara, da ouvidoria das Capelas, concelho de Ponta Delgada, foi anunciado ontem na conferência de imprensa que teve lugar no Convento da Esperança.
“Esta capa foi executada pelas ofertantes e confeccionada em veludo, bordado a fio de ouro, com aplicações.
Nela constam motivos vegetalistas tais como os cachos de uva, folhas de videira, espigas de trigo- elementos muito ligados ao Cristianismo e à liturgia eucarística” refere a nota apresentada pela Irmã Jaqueline Mendes, a superiora da comunidade das irmãs Contemplativas da Congregação de Nossa Senhora da caridade do Bom Pastor que se encontra desde 2022 a residir no Convento da Esperança, a zelar pela Imagem e pelo culto.
A capa tem ainda inscritas as letras Alfa e Omega, a primeira e a última letra do alfabeto grego, que significam o princípio e o fim de todas as coisas, inscrições que se fazem no círio pascal, no ínicio da Vigília, quando se benze o lume novo e nele se acende o Círio.
As ofertantes apenas referem que se trata de um agradecimento ao Senhor Santo Cristo dos Milagres pelas muitas graças recebidas, referiu ainda a religiosa.

Edit Template
Notícias Recentes
União Desportiva do Nordeste comemora os 50 anos do clube
2ª edição da formação “Cidadania Digital: Riscos e Oportunidades da Internet”
Bolieiro manifesta oposição à criação de uma taxa turística regional
Actividade ambulatória de Pediatria regressa amanhã ao HDES
Há 5 municípiosnos Açores com mais procura de casas para viver no campo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores