Edit Template

Marinha salvou 71 vidas no mar em 148 acções de busca e salvamento marítimo realizadas nos Açores em 2023

Os Centros de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), de Ponta Delgada (MRCC Delgada) e o Subcentro do Funchal (MRSC Funchal), da Marinha Portuguesa, concluíram o ano de 2023 registando o salvamento de 401 pessoas, em 419 acções de busca e salvamento marítimo.
O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada) coordenou 148 acções de busca e salvamento marítimo que se traduziram em 71 salvamentos.
Os dados foram revelados pela Marinha Portuguesa que apresentou um balanço da atividade nos Centros de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa, de Ponta Delgada e do Subcentro do Funchal fazendo o balanço relativo às suas acções de busca e salvamento durante o ano de 2023.
No Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (MRCC) de Lisboa, foram registados 246 incidentes em que foram salvas 306 pessoas.
Na zona de ação do MRSC Funchal houve um total de 25 acções de busca e salvamento, tendo sido resgatadas 24 pessoas.
Para o sucesso do sistema de busca e salvamento contribuem diferentes organizações e são empenhados meios de diversas entidades nomeadamente da Marinha Portuguesa, da Autoridade Marítima Nacional, da Força Aérea Portuguesa (FAP) e outras entidades pertencentes à Estrutura Auxiliar do Sistema Nacional de Busca e Salvamento, em especial o Instituto Nacional de Emergência Médica – Centro de Orientação de Doente Urgentes no mar (INEM CODU-MAR), os Serviços Nacionais e Regionais de Protecção Civil e Bombeiros, as Administrações Marítimas e Portuárias, entre outros organismos.
A Marinha Portuguesa realça ainda o apoio prestado pelos navios mercantes e embarcações de pesca nas ações de busca e salvamento, que se desviam das suas rotas comerciais para prestarem o auxílio necessário, sempre coordenados pelos Centros Nacionais – MRCC Lisboa e MRCC Delgada.
Com uma taxa de eficácia do serviço de 96,9% no ano 2023, os Centros de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo foram já reconhecidos nacional e internacionalmente com diversos prémios.

Edit Template
Notícias Recentes
Gastamos mais nos transportes e menos em restaurantes e alojamento - Famílias açorianas têm despesa média anual de 19.400 Euros
Navio ‘Laura’ vai trazer 300 viaturas de Lisboa
PJ faz buscas na escola Antero de Quental
Região conta com mais 94 licenciados em enfermagem a partir de hoje
Novo concurso para reabilitar ruas nas Capelas
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores