Edit Template

Carlos Furtado (JPP) denuncia falta de investimentono sector da habitação

O cabeça de lista pelo Juntos Pelo Povo (JPP) pelo círculo de S. Miguel, Carlos Furtado, defendeu ontem que “enquanto não forem implementados mecanismos diferenciadores para acesso à habitação por parte das famílias açorianas, irá persistir a escassez de oferta e os preços impraticáveis para o bolso dos residentes na Região”.
“Nos Açores são centenas as famílias a aguardar resposta pública de habitação, uma situação estranha no contexto do que é tradicional nos Açores, uma vez que na Região tradicionalmente as pessoas compravam ou construíam as habitações para viver”, denuncia em comunicado.
Para o candidato e coordenador do JPP nos Açores, “as regulamentações a que estão expostas as construções e reabilitações oneraram exponencialmente o preço médio da construção, neste cenário os preços praticados tornaram-se proibitivos para a maioria das famílias açorianas”.
Acrescenta que “o “desenho” do PRR habitação não está a contribuir para a solução, a alocação de fundos é esmagadoramente atribuída à habitação pública, deixando pouquíssimos recursos para as famílias que querem construir ou reabilitar as suas habitações”.
Carlos Furtado diz ainda que “não foram devidamente equacionados processos construtivos mais céleres, com vista a se poder atingir as metas e marcos necessários, o processo, neste momento, está irremediavelmente comprometido”.
“A ineficácia dos políticos e das políticas está à vista de todos, basta estás atento ao que se realizou em matéria de habitação nos últimos 10 anos nos Açores”, sublinha.
Carlos Furtado encara “com muita preocupação esta situação, uma vez que a indisponibilidade de habitação a preços adequados ao bolso das famílias açorianas, é um forte contributo para a desertificação das ilhas e o envelhecimento da população”.
E desafia: “À solução governativa que resulte das próximas eleições caberá resolver este grave problema, mas lamenta-se que nem de um lado, nem de outro há sinais claros de sabedoria para a resolução da situação”.
O JPP acredita que “na próxima legislatura dará um forte contributo para este grave problema, onde se disponibiliza para encontrar soluções eficazes e concretas para a habitação nos Açores”.

Edit Template
Notícias Recentes
Clélio Meneses, ex-Secretário Regional da Saúde e Desporto “Um dos grandes desafios da governação será a consensualização, o diálogo, a capacidade de ouvir, envolver e decidir”
Oferta de quartos para arrendar e preços disparam em Ponta Delgada
Taxa de inflação nos Açores a baixo do nível da Zona Euro
Bruno Schiappa está de volta ao Teatro Micaelense com o “Método”
Livro de José Andrade “Conversas da Diáspora” lançado amanhã em Ponta Delgada
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores