Edit Template

Aprovado Plano para o Envelhecimento Activo de Ponta Delgada

A proposta de Plano Municipal para o Envelhecimento Activo que foi desenvolvido por iniciativa do actual Executivo camarário, definindo políticas sociais concretas a implementar no concelho, até 2026, em benefício da população sénior do concelho, foi aprovada pela Assembleia Municipal.
O documento estratégico foi aprovado na reunião que teve lugar na biblioteca da Escola Secundária Antero de Quental, em Dezembro, e contempla 50 medidas a pensar na população sénior de Ponta Delgada, das quais 13 são direccionadas para a área das saúde e bem-estar, 17 para a participação cívica, 6 para a aprendizagem ao longo da vida e 14 na área da segurança, mobilidade e conforto.
Em termos materiais, o Plano Municipal para o Envelhecimento Activo vem definir a implementação de medidas a visar a promoção de cuidados de saúde junto da população sénior; a adopção de estilos de vida saudáveis; a inclusão e não discriminação dos seniores; e a participação dos seniores na comunidade.
Do corpo de objectivos deste instrumento estratégico de planeamento, fazem ainda parte o desenvolvimento de políticas camarárias no sentido de estimular o desenvolvimento cognitivo dos seniores; promover o enriquecimento de conhecimentos transversais; garantir a segurança na realização das actividades do quotidiano; e melhorar as condições de mobilidade da população sénior.
Tal como plasma o documento, as medidas destinam-se à população sénior com idade igual ou superior a 65 anos e serão concretizadas pela autarquia em parceria com instituições públicas ou privadas.
Resumidamente, o Plano Municipal para o Envelhecimento Activo tem como objectivo central a dinamização de medidas estratégicas sociais no domínio do envelhecimento activo, promovendo uma inclusão activa deste público-alvo na comunidade, estimulando o seu sentido de pertença e prevenindo a solidão e o isolamento.
Recorde-se que o município de Ponta Delgada tem já em curso diversos programas em prol do bem-estar da população sénior, nomeadamente através de iniciativas relacionadas com o Cartão PDL Sénior, Cartão Taxi+, Exercício e Saúde na Terceira Idade, Teleassistência, Projecto Idosos Activos e o Projecto de Apoio Geriátrico ao domicílio.
Têm também vindo a ser desenvolvidas outras iniciativas, das quais se destacam os descontos atribuídos para utilização do Mini BUS e diversos projectos em parceria com outras entidades, como seja o projecto Zero Desperdício e Programa Abem: Rede Solidária do Medicamento.
Na elaboração do Plano Municipal para o Envelhecimento Activo de Ponta Delgada foi recolhida informação qualitativa e quantitativa, tendo para tal sido realizada uma pesquisa bibliográfica diversificada, tanto através da recolha de informação estatística disponibilizada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e pelo Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA), como a partir de outras fontes oficiais, como o município de Ponta Delgada, Instituto de Segurança Social dos Açores, e consulta de outros planos estratégicos e demais legislação disponível.
Foi efectuado o diagnóstico da situação actual em matéria de envelhecimento para caracterização das respostas sociais e serviços de apoio a idosos, para a identificação de boas práticas de medidas e políticas direccionadas para a população sénior implementadas pelo município, bem como a análise do contexto e medidas, metas, indicadores e calendarização.

Edit Template
Notícias Recentes
Turistas gostam da paisagem e da segurança e não gostam dos serviços de restauração e dos transportes de táxis e de autocarros
Desaparecido turista belga que se encontrava a realizar um trilho pedestre na Lagoa do Fogo
Sismo de magnitude 2.6 na escala de Richter sentido na ilha Terceira
Programa para a prevenção do cancro gástrico arranca na Terceira
Detido indivíduo fortemente indiciado da prática do crime de detenção de arma proibida na Ribeira Grande
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores