Edit Template

6ª Minimaratona de Leitura de “Moby Dick” no Museu de Angra do Heroísmo

O primeiro mês de 2024 traz consigo o regresso ao Museu de Angra do Heroísmo da Minimaratona de Leitura de “Moby Dick”, de Herman Melville, que terá lugar hoje, 6 de Janeiro, a partir das 17h00, na Biblioteca do Edifício de São Francisco, em simultâneo com o New Bedford Whaling Museum, o Observatório do Mar dos Açores, a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, a Biblioteca Nacional de Cabo Verde e, pela primeira vez, com o Museu da Baleia da Madeira.
Trata-se da 28.ª maratona a ter lugar no New Bedford Whaling Museum e a 6.ª edição em que a leitura é realizada no Museu de Angra do Heroísmo, numa versão adaptada para Língua Portuguesa por Tiago Patrício em colaboração com Pedro Alves.
A leitura, que terá o seu início às 18h00, será antecedida de uma palestra pela doutoranda Martinha Martins, intitulada “Os Açores de Melville2, a partir das 17h00, e da apresentação de um Cancioneiro da Baleia, que integra músicas de produções teatrais da “Cães do Mar”, como “Mateus e a Baleia” e “A Balada de Portuguese Joe”.
No mesmo dia, o Museu de Angra do Heroísmo, através do seu Serviço Educativo, propõe ainda várias atividades direcionadas para o público infanto-juvenil, a partir das 17h00 e no âmbito da Minimaratona de Leitura de “Moby Dick”. As mesmas decorrerão em paralelo à leitura, num espaço anexo à Biblioteca do Edifício de São Francisco, tendo sempre como tema de fundo o universo da obra literária de Herman Melville.
Desta forma, a primeira actividade consistirá na leitura de obras infantis que nos remetem para o contexto marítimo, por Ana Janeiro Couto, seguindo-se uma oficina dedicada ao teatro e à meditação, por Raquel Raposo e Diana Rosa (Geokids), onde serão explorados os sons e movimentos dos cetáceos.
De sublinhar que, durante o decorrer da minimaratona, a equipa do Serviço Educativo terá ao dispor diversas actividades práticas, assim como o acompanhamento da Bióloga Marinha Ana Margarida Toste, que estará presente para transmitir aos participantes a importância da preservação dos mares e oceanos, enquanto se exploram algumas peças do acervo do MAH, expostas no mesmo espaço. Todas as actividades decorrem em regime de livre acesso, com funcionamento de bar.

Edit Template
Notícias Recentes
Câmara de Ponta Delgada investe 250 mil euros na requalificação de ruas nas Capelas
Padre açoriano ordenado no Canadá celebra missa nova nas Feteiras
Trabalhadores de terra da SATA decretam greve em Agosto e Setembro
“Tarifa Açores” mantém-se em 2024 e já beneficiou cerca de 1 milhão de passageiros
Oferta de casas para arrendar desceu 12% em Ponta Delgada no último ano
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores