Edit Template

Vasco Cordeiro assume realizar “reforma no sector da Cultura”

Vasco Cordeiro assumiu, sendo o PS chamado a constituir o próximo Governo Regional dos Açores, realizar uma “reforma no sector da Cultura”, uma vez que esta é “um factor de desenvolvimento das nossas comunidades e merecedora de um novo olhar e de uma nova perspectiva”, após três anos de abandono, por parte do Governo Regional do PSD/CDS/PPM.
O candidato a Presidente do Governo Regional falava após uma visita ao Museu Francisco de Lacerda, na Calheta, ilha de São Jorge, uma obra lançada e concretizada ainda pelo último Governo do Partido Socialista, em 2020.
O Presidente do PS/Açores salientou que é “importante” evitar aquilo que tem sido uma constante nesses últimos três anos, em que houve, por parte do Governo Regional PSD/CDS/PPM, “ausências de resposta e falta de cumprimento de compromissos assumidos”.
Face a esta realidade, Vasco Cordeiro considerou ser “importante e necessário” que, na próxima legislatura, se “repense a forma como os poderes públicos, e nomeadamente a Região e o Governo Regional, se relacionam com esse setor de actividade”.
“A Cultura deve relacionar-se com outras áreas de vivência em comunidade, como é o caso da educação, como é o caso da intervenção social, fazendo e afirmando-se cada vez mais não como um compartimento da ação pública, mas como um vector transversal a várias áreas da intervenção pública, com o objectivo final de contribuir e de ser instrumento e ferramenta para o desenvolvimento e o progresso das nossas comunidades”, salientou o candidato do PS a Presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro.

Visita ao NONAGON

O segundo edifício do Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel está pronto para receber novas empresas, mas ainda não tem previsão de abertura, segundo o PS.
“As obras de construção, já concluídas, arrancaram em Março de 2020 com o Governo socialista, mas continua por lançar o concurso para escolher as empresas que irão lá fixar-se”, acrescenta o PS.
A constatação foi feita pelos candidatos socialistas às próximas eleições pelo círculo de São Miguel, em visita às instalações do Nonagon.
Entre eles esteve Cristina Calisto, que acompanhou o projecto do parque de perto ao longo dos seus 8 anos como autarca da Câmara Municipal da Lagoa, tendo estado presente desde a sua inauguração, em 2015, ao lado do então Presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, lê-se numa nota do PS.
Cristina Calisto realça o papel do Nonagon, “o primeiro Parque de Ciência e Tecnologia da Região Autónoma dos Açores, na fixação de empresas na área da tecnologia na Região e reconhece a sua importância para o desenvolvimento da economia. A atual candidata socialista às próximas eleições legislativas regionais, a realizar-se no próximo dia 4 de Fevereiro, mostra-se, contudo, apreensiva quanto ao futuro deste ambicioso projecto caso este se mantenha nas mãos do Governo de Coligação PSD/CDS/PPM”.
“Este é um bom exemplo da forma como a ilha de São Miguel tem sido esquecida. Novos investimentos que permitem alavancar o Nonagon e trazer mais empresas e mais riqueza para a ilha de São Miguel acabaram por não ser tidos em consideração”, refere a candidata do Partido Socialista.

Edit Template
Notícias Recentes
Governo activa regime de apoio á emergência climática
Alexandre Gaudêncio destaca importância do XX Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia
Câmara da Lagoa apresenta ópera “Suor Angelica”
Carreiras dos farmacêuticos no Parlamento
República financia captação de águana Praia da Vitória
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores