Edit Template

Mais de 2.600 eleitores inscreveram-se no voto antecipado em mobilidade

Mais de 2.600 eleitores inscreveram-se no voto antecipado em mobilidade para as legislativas regionais dos Açores, sendo Lisboa, Ponta Delgada, Porto, Angra do Heroísmo e Coimbra os locais mais requisitados, foi ontem anunciado.
Segundo o Director Regional da Organização, Planeamento e Emprego Público dos Açores, Délio Borges, até às 12:00 de ontem “inscreveram-se 2.603 eleitores”.
De acordo com Délio Borges, nas eleições regionais de 2020, “na modalidade de voto antecipado em mobilidade, inscreveram-se 3.541 cidadãos, tendo votado e exercido o seu voto 3.079, não tendo comparecido 462”.
O Director Regional lembrou que “os cidadãos recenseados na Região Autónoma dos Açores que pretendam votar em data diferente ao dia da eleição podem manifestar a sua intenção de votar antecipadamente em mobilidade, no território nacional, através da página https://www.votoantecipado.pt/ ou para o correio eletrónico [email protected], até às 23:59 do dia 25 de janeiro [quinta-feira]”.

Votam no Domingo próximo

No Domingo, dia 28, os eleitores devem dirigir-se à mesa de voto por si escolhida, declarou.
“A nossa expectativa é que, até ao final do prazo, o número de inscritos aumente e ultrapasse os valores das últimas eleições para a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, pois temos vindo a observar, pela experiência em outros atos eleitorais, que o voto antecipado em mobilidade tem tido uma adesão crescente dos cidadãos, constituindo-se como mais um instrumento para aumentar a participação eleitoral”, afirmou Délio Borges.
No território do continente, existirão 18 mesas de voto, uma em cada Câmara Municipal da sede de distrito, enquanto na Região Autónoma dos Açores vão estar disponíveis 19 mesas, uma por cada concelho, na respectiva Câmara Municipal.
Já na Região Autónoma da Madeira, estarão disponíveis duas mesas, nas câmaras municipais do Funchal e do Porto Santo.
Para exercer o direito de voto, o eleitor deve “identificar-se, de preferência através do cartão de cidadão ou do bilhete de identidade, e indicar o círculo eleitoral e a freguesia onde está recenseado”, esclareceu o Director Regional, acrescentando que, “depois de votar, é-lhe entregue um documento comprovativo”.

Edit Template
Notícias Recentes
Turistas gostam da paisagem e da segurança e não gostam dos serviços de restauração e dos transportes de táxis e de autocarros
Desaparecido turista belga que se encontrava a realizar um trilho pedestre na Lagoa do Fogo
Sismo de magnitude 2.6 na escala de Richter sentido na ilha Terceira
Programa para a prevenção do cancro gástrico arranca na Terceira
Detido indivíduo fortemente indiciado da prática do crime de detenção de arma proibida na Ribeira Grande
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores